8.1.11

Eu também quero passaporte diplomático

Não que eu vá viajar ao Exterior – afinal, a aposentadoria que recebo é curta, o custo dos remédios de uso contínuo que tomo é muito alto e ainda preciso fazer parte, compulsoriamente, da força-tarefa brasileira que paga os impostos mais altos do mundo.
Descobri que esse meu esforço e de tantos outros brasileiros é para proporcionar passaportes diplomáticos a filhos de ex-presidente e sei lá para quantos outros apadrinhados.
Pelo menos tem mais alguém irado: o presidente da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), Ophir Cavalcante, acha os filhos de Lula devem devolver o passaporte para evitar "constrangimento público" ao ex-presidente. A entidade também prometeu processá-los se não houver devolução.

Nenhum comentário:

Postar um comentário