19.1.11

Dormonid neles

O Senado da Itália aprovou uma moção que pressiona o governo italiano a lutar por todos os meios para que Cesare Battisti, condenado em 1988 à prisão perpétua por quatro homicídios cometidos no país, seja extraditado. A moção afirma que, se necessário, o governo italiano irá contra o Brasil na Corte Internacional de Justiça da Organização das Nações Unidas, tribunal que julga litígios entre os países.

Do lado brasileiro, chega-nos a notícia de que o senador Eduardo “Dormonid” Suplicy se dispôs a defender a decisão (absolutamente equivocada) do ex-Lula no Senado Italiano. É bem possível que Suplicy seja bem sucedido, pois seus discursos provocam tanto sono no plenário que os italianos vão aprovar rapidinho qualquer sugestão para se verem livres o quanto antes do senador brasileiro. Suplicy deve ser a arma secreta do Lula...

Nenhum comentário:

Postar um comentário