10.1.11

Alternativa à revista de pessoas em aeroportos

Piada que pode se transformar em realidade: os israelenses estão desenvolvendo um esquema de segurança nos aeroportos que elimina o constrangimento pelo qual passageiros são obrigados a se expor quando passam pelo escaneamento de corpo inteiro – motivo para tantas reclamações.

Trata-se de uma pequena plataforma, na qual o passageiro sobe, protegida por uma cabine blindada e, ao invés do raio-X, detona qualquer tipo de explosivo que porventura a pessoa esteja transportando. Essa invenção é considerada politicamente correta, pois não distingue raça, credo ou cor das pessoas –, além de eliminar os altos custos da revista pessoal.

Assim, é possível que futuramente um dia você esteja no aeroporto e ocorra uma explosão abafada. Logo depois, ouvirá os altofalantes anunciarem:

- Atenção, passageiros das listas de espera: temos o prazer de informar que acabou de ficar disponível um assento no vôo XYZ. Boa viagem!”

Nenhum comentário:

Postar um comentário