11.10.10

Táticas da máfia

Ficou muito claro no debate dos candidatos à presidência de ontem, na Band: o pessoal do PT está se utilizando de táticas copiadas da Máfia.
Uma declaração da candidata-terrorista-comunista me deixou estarrecido: “Eu (dilma) não faço acusações falsas e difamações que não posso provar, diferente de você, Serra, que anda me difamando”.
Então as acusações e difamações contra o Serra surgem de onde? Do ar? Do vácuo? De uma lâmpada mágica?
As acusações difamatórias, mentiras e inverdades espalhadas à torto e a direito contra o candidato Serra não partem da adversária (que seria a cabeça do bando). Partem do seu pessoal do PT. Exatamente como procede a máfia. Nos filmes que retratam a máfia, o chefão nunca suja as mãos, quem executa os crimes são seus asseclas. Al Capone só foi preso por problemas contábeis – mas fora o mentor de dezenas e dezenas de assassinatos. Ele próprio evitava sujar as mãos com sangue.
A verdade é que dilma vem registrando uma queda vertiginosa nas pesquisas desde o final do primeiro turno. Aquela diferença enorme se reduziu a poucos pontos porcentuais e, tudo indica, a postura agressiva da candidata no debate vai fazer com que ela perca cada vez mais pontos nas próximas semanas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário