2.8.10

Um comercial muito especial para mim

Eis um comercial que possui um significado especial para mim. Foi produzido em 1957 pela Dória Associados Propaganda, cujo escritório estava localizado no último andar do Edifício CBI na Rua Formosa, em São Paulo. O criador e Diretor de Arte deste desenho animado foi o italiano radicado no Brasil, Mário Lantana. Uma das características de Mário era desenhar as figuras com apenas quatro dedos em cada mão. E eu, ainda bem jovem, fiz parte da equipe de artefinalistas dessa produção.

O ponto de partida era a trilha sonora: cada figura do fotograma precisava ser desenhada de acordo com o texto ou a canção, coordenando os movimentos labiais e corporais.

Naquela época pré-computador, cada fotograma era previamente desenhado em papel transparente, que possuia dois furos-guias, para ser encaixado em uma prancheta. A prancheta era a base para todo o processamento posterior. Em seguida, os artefinalistas (como eu) copiávamos os desenhos-traço sobre um acetato, à nankin. Desenho feito, o acetato era invertido e nas suas costas eram pintadas as cores das roupas, mãos, corpo, produto, etc., à guache. Esse processo parecia uma linha de produção: os acetatos iam passando de mão em mão pela equipe de artefinalistas, um pintava a blusa com determinado tom de cinza, outro pintava a saia com outro tom mais escuro, outro o terno, e assim por diante.

Este desenho do Leitesol foi produzido em preto-branco e utilizamos várias tonalidades de cinza, além dos traços pretos.

A etapa seguinte consistia no acabamento do comercial, filmado quadro à quadro sobre o fundo.

Este comercial, se bem me lembro, incorporou mais de 1000 desenhos de figuras, desenhadas e pintadas uma à uma e levou cerca de cinco meses para sua conclusão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário