31.8.10

Missão difícil, porém possível

Cadê o paraíso de Lula e Dilma?

Os discursos do “nunca antes neste país” aparentemente deixaram de incluir Governador Valadares e cidades vizinhas, em Minas Gerais, no ciclo do crescimento econômico brasileiro.
Se nosso país fosse tão maravilhoso (Lula até emprestou dinheiro ao FMI, à Cuba, à Bolívia e perdoou dívidas de Cabo Verde (África), com certeza não haveria dois brasileiros identificados entre os 72 imigrantes ilegais mortos na chacina do México.
Amigos e parentes dos dois massacrados informaram que eles deixaram o Brasil há cerca de um mês com a intenção de migrar para os Estados Unidos, assim como fizeram milhares de mineiros na última década, atrás de emprego e dinheiro. Atrás de uma vida digna.
Paraíso brasileiro eu conheço muito bem: é o nome do bairro onde morei por uns vinte anos em São Paulo.

Que nunca teve nada a ver com Lula e Dilma.

30.8.10

Político renuncia antes da nomeação

Supostas doações ilegais recebidas de um empresário fizeram o primeiro-ministro designado da Coreia do Sul, Kim Tae-ho apresentar sua renúncia, antes mesmo que o Parlamento sul-coreano votasse oficialmente sua nomeação. "Apresento minha renúncia com a ideia de que não deveria ser um obstáculo para que o presidente leve a cabo seus assuntos de Estado", disse Kim em mensagem por televisão.
Uma posição ética tomada exatamente como ocorre no Brasil. Nós não temos políticos corruptos nomeados ou eleitos, pois todos os vereadores, prefeitos, deputados, governadores, senadores e ministros estão absolutamente “limpos”, sem máculas, sem processos, sem falcatruas cometidas, sem passados comprometedores.

Aliás, nem sei para que inventaram a tal lei dos "Fichas Limpas"!
Políticos de países evoluídos são assim mesmo.

29.8.10

Político gago

Este vídeo só está sendo apresentado porque o próprio político se dispôs a uma aparição pública no Programa do Jô. Ele mesmo provocou as brincadeiras e piadas em torno da sua gagueira. Esta inserção no blog não significa discriminação ou outra forma de mesnosprezo ao entrevistado.

Amizade

28.8.10

Enquanto isso, na Rocinha

Candidato monta "curral eleitoral" na favela da Rocinha, impedindo que outros candidatos façam campanha política por lá. (Charge de Kemp)

Notícias: onde buscar a verdade?

Peter, meu amigo e fiel seguidor do blog, me encaminhou um e-mail comentando o assunto “Filminho mequetrefe” que publiquei, no qual, entre outras coisas, escrevi que a Folha de São Paulo tende a ser facciosa, sempre pró-PT.
Eu não posso reproduzir aqui tudo o que Peter escreveu a respeito. Mas, entre outras, insinuou que vários colunistas, inclusive Josias de Souza, estão cooptados pelos petistas.
Que a candidata do PT vem sendo elogiada, alisada, protegida e louvada nas notícias, muito diferente do que fazem com o candidato Serra.
Peter cita o blog do Reinaldo de Azevedo, onde vários artigos e, principalmente, comentários, seguem na mesma linha de raciocínio, combatendo ferozmente a forma como a Folha vem praticando o jornalismo.
Mas Peter não se ateve apenas à Folha de São Paulo. Desancou também a rede Globo, cujos jornalistas ele, Peter, acredita terem recebido um “cala-boca” da diretoria, pois Hippólito, Alexandre Garcia e Waldvogel, entre outros, simplesmente mudaram seus discursos até recentemente tão consistentes e imparciais. Peter cita principalmente a Cristiana Lobo, que “saliva de satisfação”, sempre sorrindo escancaradamente ao falar da candidata petista, estendendo-lhe um apoio mais do que explícito. Insinua também que Jabor precisou ser “domesticado” e adormecido.
Aí, Peter me deixou uma pergunta no ar: por que a NET (leia-se Globo) simplesmente extinguiu em Londrina os canais da CNN e da TVE (TV Espanhola), as únicas fontes de informações imparciais que ainda restavam na telinha? Seria mais uma manobra a ser creditada aos censores ditatoriais do PT? Essa eu não soube responder e vou tentar entrar em contato com a NET para saber. Mas já me alertaram que a NET é praticamente inacessível aos assinantes e que o PROCON está repleto de reclamações a respeito.
Esse Peter... me joga em cada fria!

27.8.10

Aplicando respiração artificial

E depois dizem que os alemães não sabem se divertir...

Humor político se livra da censura

O ministro do Supremo Tribunal Federal, Carlos Ayres Britto, suspendeu nesta quinta-feira a legislação esdrúxula e ditatorial que proibia os programas de humor de fazerem piadas com os candidatos que disputarão as eleições de outubro.
Oras, em todo o mundo a política e os políticos são a essência que produz o humor. A censura imposta aos humoristas mais parecia decisão de um retrógrado homem das cavernas, como o tal Ahmadinedjad...
Então, em homenagem à alforria dos humoristas, aqui vai uma piada do Joãozinho, que recebi de um amigo:

Joãozinho chega cedo ao colégio e diz à professora:

- Tia, lá em casa nasceram oito cachorrinhos e todos vão votar na Dilma.
- É mesmo! Que ótimo! - diz a professora toda feliz...
Uns quatro ou cinco dias após, o Joãozinho novamente chega à professora e diz:
- Tia, lá em casa nasceram oito cachorrinhos e cinco vão votar na Dilma.
A professora intrigada pergunta:
- Ué? Não eram oito cãezinhos???
- Eram, mas três já abriram os olhinhos !

Filminho mequetrefe

A Folha.com fez questão de apresentar vídeo de um estudante, apelidado de Dilmaboy, com visíveis sintomas de déficit de inteligência, declamando alguns versinhos absolutamente infantis e ridículos contra o candidato José Serra.
Os versos são tão primários quanto os comentários que venho recebendo neste blog, redigidos (sic) pelos petralhas.
Esse filminho nota zero parece espelhar o baixíssimo nível intelectual dos petistas – os mesmos que estão à testa dos destinos do meu país.

Enfim, quem não tem a inteligência de um Tancredo Neves, de um Ulysses Gimarães, de um Fernando Henrique, de um Roberto Campos, precisa atacar mesmo é de Dilmaboy.
Chega a ser assustador!

É uma pena que com a inserção desta aberração petista a Folha de São Paulo demonstre sua parcialidade - esquecendo-se de exercer um bom jornalismo.

26.8.10

Os psicopatas

Analisando os livros de História, é muito fácil se chegar à conclusão de que a maioria dos dirigentes políticos (presidentes, ditadores, reis, imperadores) sempre foi composta de psicopatas, em maior ou menor grau de periculosidade.
Nem é preciso relembrar as figuras tortas de Hitler, Bokassa, Idi Amim Dada, Milosevic, Mussolini, Papa Doc, Baby Doc, Pinochet, Stroessner, Nicolau II, Stalin, Kublai Khan, Mão Tse Tung, Saddam Hussein, Pol Pot, entre outros tantos que exalavam suas psicoses por todos os poros, sendo difícil estabelecer qual deles foi mais cruel, assassinou mais adversários políticos e extreminou mais povos e raças.
Abrindo-se os livros de História de hoje, é surpreendente notar como os psicopatas se renovam e surgem à testa dos seus países, como Chavez, Fidel, Kim Jong-il, os Kirchner e Ahmadinedjad, entre outros tantos. O Brasil não fica muito atrás neste capítulo: desde Getúlio Vargas, passando por Jânio, Jango, Médici, Sarney, Collor e o próprio Lula, qualquer psicólgo detectará traços acentuados de desvios em todos eles.
Nem sempre suas psicopatias significam consumar assassinatos, mas todos têm em comum os delírios do poder, a manipulação, necessidade do reconhecimento, facilidade de armações políticas, doutrinação dos seus puxa-sacos, megalomania e a formação de um enorme exército de abnegados, a qualquer custo. Alguns sofrem de explosões emocionais incontroláveis (Jânio, Collor), outros de depressão (Getúlio). Aparentemente, só os psicopatas alcançam o poder máximo de um país. Gente normal, como você e eu, dificilmente chegaremos lá.
Agora chega de escrever! Meu terapeuta está me esperando para minha sessão de análise. Mas eu sou normal! Sou normal!

Gatolândia

25.8.10

Política bolivariana do PT em ação

Peter, meu amigo muito ligado às coisas que acontecem ao nosso redor, me liga logo cedo. Ainda estou murcho de sono, mas ele me obriga a escutá-lo. Deu-me a dica para ler as notícias que citam a polícia paranaense.
Meio a contragosto, acessei a Folha de Londrina na rede e realmente me espantei. Eis o título:
PR perdeu metade de efetivo policial em 8 anos
Segundo o jornal, na última década o efetivo da Polícia Civil do Paraná que era de quase sete mil policiais em 2003 foi sendo reduzido e atualmente soma menos que a metade. Hoje, o policial precisa se desdobrar para registrar ocorrências, vigiar carceragens superlotadas, cumprir a burocracia interna, concluir investigações e representar contra suspeitos de crimes à Justiça. Apenas em fevereiro de 2011 assumirão 500 novos policiais civis anunciados pela Secretaria de Estado de Segurança.
De acordo com a Secretaria Nacional de Segurança Pública, esta drástica redução do efetivo aconteceu na última década. Há sete anos, a Polícia Civil no Paraná tinha um efetivo de 6.704 servidores para uma população de 8.413.593 milhões (1 policial para cada 1.255 mil pessoas). Hoje, a população estimada é de 10,6 milhões para um total de pouco mais de 3,2 mil policiais civis, conforme os sindicatos (1 policial para quase 3,4 mil pessoas). O efetivo de delegados segue mesma tendência: de 357 em 2006 para os atuais 313. O Paraná tem 399 municípios. A Lei Complementar 96 definiu em 2002 que o efetivo da Polícia Civil paranaense deveria contar com, no mínimo, 6.245 policiais.
Aqui fica evidente a responsabilidade do ex-governador Roberto Requião, do PMDB, partido umbilicalmente ligado ao PT. Ele governou o Paraná de 1991 a 1995, foi senador de 1995 a 2002 e novamente governador de 2003 até este ano. Como governador, foi o maior responsável pelo desaparelhamento policial do estado. Em Curitiba, ouvi pessoas chamando Requião de "O Exterminador do Futuro". Agora eu entendi!

Fica uma pergunta no ar: a quem interessa essa desmontagem? Não seria essa uma das táticas esquerdistas do "quanto pior melhor" tão adoradas pelo PT para permitir insegurança, assaltos, roubos, sequestros, invasões, saques, badernas e desobediência civil?
A quem interessa?
Quem sabe o Peter me dará uma resposta mais concreta. Vou cobrar.

Garotinhos cariocas precisam crescer...

Garotinhos não deveriam receber responsabilidades acima da sua capacidade.
Pior ainda quando não foram bem educados.
Ou quando recebem uma herança genética tortuosa.
Foi o que aconteceu com os Garotinhos do Rio de Janeiro. O ex-governador Anthony Garotinho (gestão de 1999 a 2002) foi condenado a dois anos e seis meses de prisão por formação de quadrilha, apoiando um grupo na chefia da Polícia Civil que deixava de combater jogos de caça-níqueis no Rio, promovendo corrupção e lavagem de dinheiro. Esse grupo era comandado pelo ex-chefe da Polícia Civil Álvaro Lins, que foi condenado a 28 anos de prisão por corrupção, lavagem de dinheiro e também formação de quadrilha.
O outro Garotinho é Rosinha, a esposa do próprio, e que também governou o Rio, de 2003 a 2006. Rosinha e seu vice receberam beneficios através do abuso de poder econômico e uso indevido dos meios de comunicação.
Quem sabe, agora que receberam sentenças, os dois consigam crescer de verdade e deixar de aprontar traquinagens. Esses moleques!

...e idosos merecem mais respeito

24.8.10

O marketing político de Serra

Meu amigo Peter me liga, numa hora meio inconveniente. Mas como sou educado, deixo que ele fale. Ele quer minha opinião profissional de publicitário sobre a campanha do Serra nestas eleições.
Na verdade me sinto um pouco desconfortável nessa análise, mas não terei papas na língua. Não tenho o rabo preso. Escreverei o que sinto.
Neste mesmo blog, eu publiquei um artigo em 31/10/2006, logo após a vitória do PT nas últimas eleições presidenciais (Eleições presidenciais: veja pelo lado positivo!)
http://bahr-baridades.blogspot.com/2006/10/eleies-presidenciais-veja-pelo-lado.html tentando fazer uma análise dos erros cometidos pelo PSDB naquela oportunidade.
Tudo leva a crer que nada mudou.
Os marqueteiros do Serra erraram o rumo novamente (seria proposital?). Primeiro, “mataram” a marca, a grife do candidato ao tentarem fazer a campanha em cima de “Zé” e não de Serra, nome que o Brasil inteiro já conhecia de outras campanhas. Perderam mil pontos.
Depois, por razões muito misteriosas, jamais chegaram a denunciar as trapalhadas (para falar o mínimo) dos petistas: mutretas, bandalheiras, desvios de verba, empreguismo, uso da máquina estatal, mensalão, cuecão, imposição da censura, infrações à lei eleitoral e coisas que tal. Até aqui não houve um centímetro de agressividade na campanha do PSDB – e eis que havia um prato cheio para isso. Aliás, um caminhão cheio de pratos.

Jânio Quadros chegou à presidência fazendo a campanha com sua “vassourinha”, limpando a corrupção. Collor foi eleito investindo contra os marajás e fez Lula perder a eleição em um debate bastante agressivo pela tevê.
Os debates parecem estar amarrados a uma formatação de águas plácidas, paradas, sem ventos. Ninguém se exalta, ninguém conta as verdades, Serra que é o principal interessado por ser da oposição, não está investindo contra nada e contra ninguém. Seu discurso é morno, relutante, apaziguador. Os seus marqueteiros estão entregando a eleição para Dilma em uma bandeja de prata.
Por outro lado, em algumas cidades, os candidatos do PSDB ao governo dos seus estados não estão sequer “colando” suas imagens à do candidato Serra. Aqui em Londrina, há um trágico exemplo: Beto Richa faz sua campanha como se nem conhecesse Serra. Quer dizer, ele está “vendendo” a sua imagem sem “vender” a imagem do candidato à presidência. Com os deputados do PSDB é a mesma coisa. Parece que os marqueteiros não ligam para isso.
Por fim, eles cismaram de tornar o Serra irmãozinho de Lula, juntando suas imagens. Se a idéia era usar a imagem de Lula como “escada”, deram-se mal. Para os eleitores de Serra esse “achado” representou uma enorme traição, uma fraqueza inadmissível para quem se diz oposição.
Então, fica a dúvida crucial: será que existe um arranjo misterioso entre PSDB e PT para que Dilma fature essa eleição? Qual é afinal a do PSDB? Será que a oposição, na verdade, nem é oposição e todas as esquerdas se uniram para cubanizar o Brasil?
Marqueteiros do Serra: a não ser que vocês ainda provem, através das pesquisas, que estão escondendo cartas na manga, que ainda vão dar o pulo do gato, que exista uma inteligência superior preparando a fervura no caldeirão... meus sentidos pêsames. Como profissional, acho que suas estratégias estão sendo um fracasso. E como cidadão fico absolutamente frustrado e desiludido.

23.8.10

Decreto Nº 7.197, de 2 de junho de 2010

Dispõe sobre a criação da Embaixada do Brasil em Funafuti, em Tuvalu, cumulativa com a Embaixada em Wellington.
O PRESIDENTE DA REPÚBLICA, no uso da atribuição que lhe confere o art. 84.
inciso VI, alínea "a", da Constituição, e tendo em vista o disposto no art. 43 do Anexo I ao Decreto no. 5.979
, de 6 de dezembro de 2006, DECRETA:
Art. 1º Fica criada a Embaixada do Brasil em Funafuti, em Tuvalu, cumulativa com a Embaixada em Wellington.
Art. 2º O art. 1o
do Decreto nº 5;073
, de 10 de maio de 2004, passa a vigorar com a seguinte redação:
"LXXXVI - Funafuti (Tuvalu), com a Embaixada em Wellington." (NR)
Art. 3º Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação.
Brasília, 2 de junho de 2010; 189º da Independência e 122º da República.
LUIZ INÁCIO LULA DA SILVA
Antonio de Aguiar Patriota

FUNAFUTI é a capital oficial de TUVALU, um grupo de nove atóis coralinos que fica no Pacífico, na Polinésia. Trata-se de uma monarquia constitucional que faz parte da Commonwealth. S.M. Elizabeth II é a chefe de Estado, tem um Governador Geral, mas quem manda mesmo é o primeiro ministro escolhido pelo Parlamento composto de 15 membros.A população de Tuvalu (os tuvaluanos) atingiu em 2009 a espantosa cifra de 12.273 habitantes, praticamente todos descendentes de samoanos. Como os missionários ingleses, em nome de Deus, acabaram com a religião local, hoje 87% da população é cristã protestante, 6% não tem religião, e 0,6% são ateus. A economia de Tuvalu (PIB 14,8 milhões de dólares) é baseada na exportação de COPRA e PANDARA. Parece tratar-se de algum produto primário vegetal.
Tuvalu vendeu seu domínio na Internet para uma empresa americana, por 50 milhões de dólares pagáveis em 12 anos, o que elevou em 50% seu PIB!
Outra fonte de renda é a venda de sua bandeira para navios estrangeiros.
Não existe estação de TV em Tuvalu. Há somente um jornal impresso que circula de 15 em 15 dias, cuja tiragem é de 500 exemplares.
Quantos "cumpanhero" do PT vão se locupletar neste novo cabide de empregos?
É impressionante como este governo consegue torrar recursos do erário. É o nosso pobre dinheirinho!

22.8.10

Filminho violento

Chicago, década de 1930.
Cerca de 30 mafiosos cruzavam tranquilamente a cidade em plena luz do dia, aboletados em dez peruas e dez motos quando, por um simples acaso – visto que a polícia da cidade era ineficiente e inoperante – deram de frente com alguns policiais. Uma demorada troca de tiros espalhou o terror pelas ruas próximas. Carros foram atingidos. Armamento pesado e mortífero. Os mafiosos se dividiram, alguns foram se refugiar em casas e um grupo de dez deles decidiu invadir um hotel famoso da cidade.
Enquanto isso, parte dos criminosos corria pelas ruas do bairro atirando com armas pesadas. Cidadãos tiveram de se deitar no chão ou se esconder atrás de muros para não ser atingidos. Vários carros ficaram com marcas de tiros. Um ônibus também foi atingido, mas nenhum passageiro se feriu.
O grupo que invadiu o hotel fez 35 reféns que só foram libertados após negociações com os policiais.
O problema maior ficou por conta do pânico e do terror que visitantes de Chicago sentiram. Telégrafos enviaram as notícias para jornais e rádios do Exterior.
Chicago já possuía péssima fama por causa dos mafiosos e da ineficiência policial. Afinal, em qual outra cidade comboios de carros e motos apinhados de criminosos fortemente armados circulavam costumeiramente livres e desimpedidos, a qualquer hora do dia ou da noite?
Resultado: visitantes e turistas de outras cidades e outros países decidiram cancelar suas viagens a Chicago.
“The End”.
Êpa: as legendas estão em português.
A cidade não é Chicago, é o Rio de Janeiro.
Não são mafiosos, são narcotraficantes.
E não é a década de 1930, estamos no Século XXI.

Dilma, jamais terás o meu voto!

Ex-terrorista, agressiva com seus subordinados, tipo sargenta, completamente despreparada para administrar o Brasil sem o seu protetor-presidente fungando na nuca, esta candidata faz parte de um projeto elocubrado pelo processado "chefe do mensalão" José Dirceu, do ex-terrorista Franklin Martins, de Marco Aurélio "Top-Top" Garcia e de outros "pensadores tortos" do PT, que pretendem mandar no país por duas décadas - ou mais.
Tentou apresentar um plano de governo absolutamente ditatorial, mas foi obrigada a refazê-lo. Mesmo assim as entrelinhas sugerem que pretendem implantar um sistema político com poderes ilimitados ao PT. Aliás, PT que de Partido dos Trabalhadores já não tem mais nada, aproximando-se mais do projeto (que lástima) cubano, país onde destruíram instituições, empresas, liberdade e qualidade de vida.
Sua filosofia é dificultar cada vez mais a vida de empresas e pessoas físicas através dos impostos e da burocracia de estado, enquanto seus partidários formarão a casta dirigente do Politbüro... isso não pode dar certo!
Dilma Roussef, jamais conte com o meu voto!

Pai de primeira viagem

21.8.10

Peter e a “marquetologia” da imagem de Dilma

Recebo novo telefonema de Peter. Como você leu abaixo, Peter é um velho amigo que está muito familiarizado com as coisas que ocorrem na política. Acho que agora ele não vai mais largar do meu pé.
Peter sempre adorou as mulheres, mas confessou-me que esta Dilma lhe mete muito medo. Dela, só quer distância.
Desfiou por um longo tempo sua tese de como os marqueteiros ‘construíram’ uma nova mulher para enganar o eleitorado e sugeriu-me publicar um artigo que saiu no ‘Estado de São Paulo’ sobre a candidata do PT. Então aqui vão alguns extratos do tal artigo do Estadão:
Seus dois casamentos foram um fracasso, tanto é que terminaram. Nunca cuidou de uma casa, de um lar, de ‘um cantinho um violão, este amor, uma canção’.

Onde uma foto de véu e grinalda? Onde uma foto de batizado? Onde uma foto de namoro? Onde uma foto de festinha de criança? Onde um único gesto de "maternidade" ou de "matrimônio"?
Sua capacidade de relacionamento é tida e havida como um problema, pois a sua fama é de ser intratável, intragável, estúpida, mal educada com os subordinados. Onde o marido? Onde o amante? Onde o macho?
Esta Dilma que quer realçar seu "lado mulher", que não é relevante para o exercício do cargo, é apenas um truque marqueteiro, simplesmente não existe. Sua mudança de visual, na tentativa de feminilizar a sua figura tosca e bruta, é uma mistura de botox com chapinha, é resultado de manipulação exercida por uma equipe de transformação paga a peso de ouro, que trabalha em cima de um layout de avatar de presidente, superficial e forçado.
Como mulher, como "mãe que cuida", com todo o respeito, Dilma é um embuste, um truque, uma pegadinha. Ela não tem as credenciais mínimas como mãe, como esposa, como companheira fora do partido e da guerrilha, como mulher.
E não é que o feeling do Peter estava certo?

Filho guardou restos da mãe por nove anos em mochila





Autoridades japonesas estão procedendo a uma busca por pessoas com cem anos ou mais no país, depois que, no mês passado, os restos mumificados de um homem, tido como o mais velho de Tóquio, foram encontrados na casa de sua família. A morte do idoso, que se estivesse vivo teria 111 anos, foi escondida pelos familiares por 30 anos.
Agora, os restos de uma idosa do Japão, que as autoridades do país acreditavam estar viva, com 104 anos, foram encontrados por investigadores dentro de uma mochila do próprio filho. Ele disse à polícia que a morte ocorreu em 2001, mas que na época ele não tinha dinheiro para pagar pelo funeral. Decidiu então partir os ossos do cadáver e guardá-los na mochila, mas durante todos esses anos, continuou recebendo a aposentadoria da mãe, além de uma ajuda financeira especial dada pelo governo aos centenários.
Segundo as autoridades japonesas, no momento há quase 200 centenários cujo paradeiro é desconhecido. É grande a possibilidade de que famílias estejam explorando seus parentes mortos para obter benefícios financeiros do governo.
Estes novos fatos colocam em dúvida as estatísticas oficiais sobre a expectativa de vida do Japão, que superaria os 80 anos.

20.8.10

Peter, a pesquisa Folha e urnas eletrônicas

Ligou-me meu amigo Peter, depois de longo tempo. Peter é amigo velho e velho amigo. Se eu fosse contar aqui as suas andanças e aventuras, gastaria o espaço inteiro do blog. Peter já foi piloto da RAF (Royal Air Force) durante a 2ª. Guerra (um dia foi atingido, mas conseguiu pousar seu avião com alguns companheiros sem vida e outros feridos; saiu pela porta segurando os intestinos expostos através de um grande rombo no abdome e ficou meses se recuperando no hospital.). Também foi mercenário, esteve no Marrocos, lutou na África, engajou-se como marinheiro em navio asiático, morou na Índia... suas aventuras merecem um livro.
Bem, Peter acompanha a política nacional há muitos e muitos anos e ligou-me para comentar a pesquisa feita após o debate dos presidenciáveis na Folha. Deu-me toda razão na análise que fiz (leia abaixo) e deixou clara sua posição: as pesquisas de intenção de voto são totalmente imprecisas e tudo indica que há um direcionamento favorável à candidata petista. “Não é de se estranhar”, disse-me ele. Existem mais de sete mil veículos de comunicação recebendo verbas de publicidade do governo (aliás, onde já se viu tanta necessidade do governo fazer publicidade?). Essas verbas, segundo Peter, seriam um “cala-boca” às críticas e oposição ao governo, pois os jornais, as tevês e revistas estão “enchendo as burras” (essa expressão também é de Peter) dos seus caixas, que estavam mais para lá do que para cá.
A preocupação maior, afirma Peter, se refere às urnas eletrônicas. Ele me sugeriu dar uma vasculhada no blog do Reinaldo Azevedo, da Veja, para ler as centenas de comentários que falam da possibilidade de manipulação das urnas computadorizadas. Segundo ele, as pesquisas encomendadas pelo PT já seriam um indício da distribuição de votos: cinco para a Dilma, três para o Serra e dois para Marina, brancos e nulos. Percebe? Dilma 50%, Serra 30%, Marina 10%, brancos e nulos 10%. Tudo pré-programado.
Peter, vou ficar de olho.

Segurança pessoal de Chavez

Recebi este filminho da minha namorada Maria, sob o título "Mudanças no esquema de segurança do São Paulo Futebol Clube". Achei maldade, pois sou são-paulino desde criancinha. Era só uma gozação. Fui pesquisar e tudo indica (está ainda sujeito a confirmação) que na verdade este é o pessoal da segurança pessoal e interna, no palácio do ditador Chavez, na Venezuela, que fala muito grosso na vida pública, mas na privada... Será muito difícil obter a confirmação desta pesquisa. Machões de fachada não deixam que suas vidas íntimas sejam devassadas. Mas que aí tem, tem!

Foto inusitada

Foto curiosíssima tirada por Alim Boeana que até poderia ser utilizada em publicidade dos note-books Vaio. Confesso que até hoje não vi um contraste tão grande entre o primitivo e a tecnologia moderna. A foto merece um prêmio pela criatividade e pelo inusitado.

Pesquisa: deu Serra no debate via internet

A Folha fez uma pesquisa on line para que os leitores do site avaliassem o desempenho dos candidatos no debate UOL/Folha.
47% avaliaram que Serra venceu o debate, contra 41% da candidata petista. A candidata do PV ficou com apenas 12%. Até as 19h de quinta-feira, 26.293 responderam a enquete.
Durante as três horas do debate, o site foi acionado ao vivo 1.417.610 vezes. Além disso, entre quarta-feira e até as 15h30 de quinta, os vídeos do debate foram vistos mais 331.011 vezes.
Pelo que pode se depreender, a pesquisa abrangeu um número bem maior do que as pesquisas feitas pelo IBOPE e Vox Populi; e não adianta imaginar que apenas as classes mais privilegiadas acessaram a internet: hoje, a rede se espalha praticamente por todas as cidades brasileiras e, mesmo as pessoas das classes sociais mais humildes, que não têm internet em casa, podem acessá-la em locais comunitários, como escolas, bibliotecas e lan-houses.
Esta avaliação parece jogar por terra os números que nos são apresentados pelos institutos de pesquisa e por grande parte da imprensa, que insistem em considerar a candidatura de José Serra antecipadamente derrotada.

19.8.10

Repórter foi cobrir a queima de maconha

Este repórter foi escalado pela emissora de tevê para cobrir a queima de uma plantação de maconha pelo exército, em Valência, Espanha. Inalou muito fumacê e acabou... zureta. Tentou repetir a filmagem algumas vezes, mas... Bzzzzzz!

Vila Nova de Famalicão, Portugal - Lon. 8.53, Lat. 41.41

Obrigado por lerem o meu blog!

Marina, nunca terás meu voto!

Despreparada, visão administrativa curtíssima, petista assumida, esquerdista, teve uma gestão desastrosa como ministra do Meio Ambiente. Sua plataforma política tenta comover os eleitores através da sua história de “menina pobre, sem estudo”, esquecendo-se de que existem milhões de pessoas que tiveram a mesma dificuldade para subir na vida, entre brasileiros e imigrantes. Assim como esta candidata, já tivemos a experiência nefasta de Erundina da Silva na Prefeitura de São Paulo – foi a época em que aquela cidade mais regrediu política e administrativamente. Seu discurso não convence.
Marina da Silva, jamais conte com o meu voto!

18.8.10

O comprador foi testar a moto


...e levou o vendedor junto, que passou um sufoco. O teste foi para valer.

17.8.10

Latrina do mundo

A Alemanha fez o favor de nos enviar 22 toneladas de lixo doméstico, que foi parar em um container no porto de Rio Grande (RS). A carga tinha fraldas, produtos de limpeza e 'otras cosytas más'.
A transportadora do container, Hanjin Shipping, multada em R$ 1,5 milhão, terá dez dias para devolver o lixo para a Alemanha. A carga está em uma 'área primária' no porto.
No ano passado, o porto de Rio Grande e o porto de Santos (SP) receberam 89 containers com cerca de 1.200 toneladas de lixo tóxico, domiciliar e eletrônico, vindo da Inglaterra.
Parece que a qualidade do lixo que outros países nos têm enviado mudou de perfil. Antes eram traficantes, foragidos da justiça e criminosos de colarinho branco. Mas não deixa de ter certa equivalência.

Espremido

O motorista possui uma moto e um carro. Nesse dia, depois de tomar umas e outras, esqueceu-se de que dirigia o carro, achou que fosse a moto... e deu nisso.

16.8.10

Tadinha da Roseana!

Acusada em reportagem do jornal O Estado de São Paulo de lavar dinheiro, a governadora do Maranhão e candidata à reeleição, Roseana Sarney, divulgou nota em que rebate mais esta denúncia. Diz ela – como sempre fazem aqueles que são apanhados com a boca na botija (e ela já foi flagrada com certa mala recheada de dinheiro cuja origem jamais conseguiu explicar), que as acusações são uma "falsa denúncia", com o objetivo de prejudicá-la na disputa pela reeleição.
É curioso como a família Sarney está constantemente envolvida em “imbróglios”, denunciados pela imprensa – mas jamais são investigados, punidos ou condenados. Pelo contrário, estão sempre ameaçando os denunciantes com processos.

Eis as afirmações da mulherzinha: "Meus advogados já estão preparando o documento jurídico necessário para levar os responsáveis à Justiça, em todos os níveis que forem necessários”.
Está na hora dos brasileiros aplicarem o “Xô, Sarney”, para “Xô, Roseana!”. Ninguém merece!

Plínio, não terás meu voto!

Comunista, marxista, esquerdista, parece que nunca leu ou tomou conhecimento de que o Muro de Berlim já foi derrubado em novembro de 1989, acabando com um sistema político equivocado e retrógrado que ele apoia incondicionalmente. O candidato não consegue explicar quem vai pagar a conta da redução da jornada de trabalho, da distribuição de terras a granel, nem como conseguirá resolver o calote da dívida pública com os credores. Despreparado, tem mais gogó do que projetos de governo e faz parte de um partido político perigoso, radical e que se pendura no PT e em todos os partidos esquerdistas. Seu passado político o condena.
Plínio de Arruda Sampaio, jamais conte com o meu voto!

15.8.10

Malko Tarnovo, Bulgaria, Lon 27.5, Lat. 41.4

Thank you for reading my blog!

Ao som do boogie woogie

Um dia ainda chegarei a dançar como esse cara!

14.8.10

Emoção demais

O cabeleireiro argentino Néstor Berchot morreu no dia do próprio casamento com o parceiro Adrián García, em Mar del Plata, Argentina, na primeira cerimônia de união homossexual em Mar del Plata, localizada a 400 quilômetros ao sul de Buenos Aires.
Informações dão conta de que Berchot passou mal durante a festa e foi levado ao hospital, onde morreu horas depois por uma súbita crise de hipertensão.
Organizações da comunidade gay argentina informaram que cerca de 600 parceiros de países latino-americanos e europeus realizaram consultas para se casar na Argentina, após ter sido aprovada a lei da união civil entre homossexuais.
Seria ótimo que em cada cerimônia destas uma ambulância e um médico permanecessem de plantão nestas ocasiões especiais, pois certas emoções são de matar!

13.8.10

Governo lança 'contestômetro' para rebater Serra

Tudo indica que não adianta o Governo inventar “contestômetros”, “rebatômetros”,
“desmentimômetros” ou seja lá o que for, para esconder o óbvio: apesar do Brasil ter tido muita sorte com a situação econômica mundial nos seis primeiros anos do Lula, o governo não aproveitou a oportunidade para corrigir incontáveis distorções e erros.
A Saúde anda mal das pernas, as filas continuam nas portas dos hospitais, exames demoram meses para serem feitos, faltam leitos, faltam medicações, faltam médicos e os despreparados burocratas não conseguiram descobrir a fórmula mais do que óbvia, lúcida e inteligente para desviar a demanda dos hospitais.
As estradas federais estão pela hora da morte. É só acompanhar o número de acidentes, feridos e mortes anuais nestas estradas geridas pelo governo federal.
A corrupção e o “descaminho” rolam soltos. A turma do “mensalão” continua firme, atuante, sem restrições nem penalidades.
As últimas denúncias apontam para os fundos de previdência privada das estatais, que são geridas por sindicalistas que nem conseguem prestar contas das fortunas que passam por suas mãos.
A censura disfarçada vai mostrando sua cara dia após dia e a imprensa (hoje mais de cinco mil veículos de comunicação recebem verbas do governo) está com as mãos e a voz atadas, deixando de apontar as verdades verdadeiras que ocorrem no país.
Pouco se sabe sobre a contabilidade das obras dos PACs – nem tampouco quais obras realmente estão sendo executadas pelo governo federal.
Da segurança pública de responsabilidade do governo federal nem é necessário falar: armas, drogas e contrabando deságuam por todas as estradas e cidades do país, varando fronteiras que não possuem vigilância nem barreiras.
Na política exterior, o governo conseguiu o supremo milagre de enfiar os pés pelas mãos: foi apoiar países errados, absolutamente fora dos conceitos e da realidade do povo brasileiro. Com isso, vem trombando de frente com os países desenvolvidos e tradicionais aliados, que são os nossos melhores parceiros comerciais e políticos.
A qualidade do nosso sistema de educação piorou assustadoramente, como indicam todos os índices: o Brasil caiu para a 102ª posição em relação aos outros 132 países. Para coroar, 60% dos brasileiros nunca abrem um livro; a média de leitura dos brasileiros é dez vezes inferior à dos Estados Unidos; e 21 milhões de pessoas continuam analfabetos.
A grande “cartada” do governo foi a criação de bolsas isso, bolsas aquilo. Entretanto, um velho (e bota velho nisso) ditado chinês já ensinava que não se deve apenas dar o peixe para a população, mas também ensinar a pescar. O que não acontece no Brasil, pois boa parte dessa gente fica paralisada, sem ações, ambições, nem trabalho, vivendo eternamente destas bolsas.
O “contestômetro” também não funciona em relação à política econômica, que segue exatamente igual à do governo anterior. Ao invés de contestar, Lula deveria agradecer esta mãozinha do FHC, que acabou com uma inflação inaceitável reinante no país.
Faltam ainda providências mais agudas para o desenvolvimento dos transportes, das ferrovias, dos portos e aeroportos, cujas estruturas estão muitos furos abaixo da qualidade encontrada na maioria dos outros países.
Invasões e “doações” de terras, arrecadação exagerada de impostos, criação de ministérios e secretarias de governo por todos os lados, apadrinhamento de “cumpanheros” e inchaço da máquina pública dão o ar de “Politbüro” dos tempos da União Soviética, com a conotação esquerdista que se contrapõe totalmente à mentalidade e aos objetivos do nosso povo.
Por fim, jamais haverá “contestômetro” capaz de esconder a verdade, os atos, a face e as pretensões malignas contidas nos planos de governo do PT.

12.8.10

Bem-vindo à ilha de "Lost"

Veja as marcas de tiros na placa. Também havia loucos do lado de fora.

E você ainda se queixa da vida?

Guarde este nome: Patrícia Neal, atriz de Hollywood.
Do lado bom, ela ganhou um Oscar em 1963 pelo filme “O Indomado”, quando trabalhou ao lado de Paul Newman.
Por outro lado, sua vida se constituiu em verdadeira saga, marcada pela tragédia.
Foi amante do ator Gary Cooper, mas ficou arrasada quando a esposa dele descobriu o romance.
Casada com um escritor inglês, teve cinco filhos.
Um deles, ainda com quatro meses, foi seriamente ferido, atingido por um táxi.
A filha mais velha faleceu com sete anos, vítima de sarampo.
Na gravidez do quinto filho, Patrícia sofreu três AVCs, permanecendo em coma por três semanas.
Seu casamento de trinta anos terminou quando ela descobriu que o marido mantinha um caso justamente com uma das suas amigas.
Agora a atriz acaba de falecer, aos 84 anos, vítima de câncer do pulmão.
E ainda tem uma candidata por aí alardeando aos eleitores que sua vida foi tão, tão difícil...

Candidata apelativa

A feiíssima candidata Marina Silva vive apregoando aos quatro ventos a sua origem pobre, as dificuldades que enfrentou, patati, patatá.
Ela se esquece que outras milhares e milhares de pessoas também passaram por dificuldades.
Meus pais, por exemplo, perderam tudo o que possuíam na Europa para conseguir escapar do Holocausto de Hitler – sorte que vários tios e primos meus não tiveram, pois perderam suas vidas nas câmaras de gás, nos campos de concentração ou torpedeados por submarinos alemães.
O Brasil acolheu muito bem os imigrantes fugidos de tantos e tantos países, que para aqui vieram tentar uma nova vida e que com certeza enfrentaram muito mais dificuldades do que a candidata, visto que não falavam a língua, não conheciam os usos e costumes do nosso povo, não tiveram a chance de cursar uma faculdade brasileira e, via de regra, não conseguiram voltar a trabalhar nas su
as atividades anteriores.
Para que eu, ainda bem pequeno, pudesse me tratar da coqueluche, chamada de “tosse comprida” em Santos, na época da guerra, meu pai teve de solicitar um salvo-conduto à polícia de Getúlio Vargas para uma simples viagem a partir de São Paulo.
Salvo-conduto que meu pai, trabalhando como caixeiro-viajante, era obrigado a requerer a cada saída de São Paulo – uma humilhação para quem tinha sido um corretor da Bolsa de Valores na Europa – e posteriormente se apresentar à delegacia de polícia da cidade de destino.
A candidata deveria estudar um pouquinho da História do Brasil para conhecer as sagas de japoneses, alemães, italianos e principalmente de judeus que por aqui aportaram. Duvido que a vida deles tenha sido menos difícil do que a da candidata.
A diferença é que jamais ouvi uma queixa, uma lamúria ou uma reclamação dos meus pais e de outros imigrantes, que se lançaram à luta em busca do pão de cada dia.
Eu jamais votaria na candidata Marina pelas suas ideias retrógradas, pobres de conteúdo, esquerdistas e pelo seu desconhecimento administrativo. Mas com certeza jamais votarei nesta pessoa que faz da sua origem pobre a plataforma para tentar comover seus esparsos eleitores.

11.8.10

Como conseguir um irmãozinho

Bloqueando fronteiras por conta própria

Autoridades paraguaias investigam denúncias de que comerciantes brasileiros teriam levantado "barreiras" com blocos de concreto em diversos pontos da fronteira entre as cidades de Ponta Porã, no Mato Grosso do Sul, e Juan Pedro Caballero, no Paraguai.
A razão seria o descontentamento dos comerciantes brasileiros com o número crescente de moradores de Ponta Porã que cruzam a fronteira com Juan Pedro Caballero em busca
"Existe, sim, uma insatisfação dos comerciantes brasileiros com o desrespeito à fronteira, que prejudica o comércio aqui em Ponta Porã por causa da valorização do real, que deixa os produtos brasileiros mais caros frente aos concorrentes paraguaios", disse o presidente da Associação Comercial de Ponta Porã. "Além disso, os paraguaios pagam bem menos impostos. Você imagina atravessar a rua e encontrar uma carga tributária de 10%, enquanto aqui pagamos 40%?", diz ele. "É uma concorrência desleal", completa.
O episódio das barreiras fez reacender o debate sobre a fiscalização da fronteira entre Brasil e Paraguai, que cobre uma extensão de aproximadamente 1.300 quilômetros.
E as outras fronteiras, em toda extensão do nosso território, onde o contrabando, drogas e armas e terroristas passam com tanta facilidade como se fossem vento?

9.8.10

Criatividade em mutretas

É incrível a criatividade do brasileiro para se apropriar do dinheiro público de forma indevida.
Ontem a Globo mostrou uma verdadeira fábrica de enganação: vereadores e prefeitos se inscrevem em cursos fajutos e usufruem de férias por vários dias em cidades turísticas, levando mulher, filhos, sogra, cachorro, nora, passarinho e sabe-se lá quem mais, com absolutamente tudo pago (hotel, alimentação, passagens e provavelmente até as compras) à custa do dinheiro público – o nosso dinheiro.
Do lado inverso, alguns espertinhos montam os tais “cursos” para estes vereadores e prefeitos, sob nomes pomposos, mas que na verdade não ensinam nada, recebendo verbas dos municípios, devolvendo uma parte – a comissão - para alguém ligado às prefeituras das cidades.
Os jornais nos dão conta de que um dos ministros do Supremo, que se encontra em licença-saúde desde abril por impossibilidade – segundo ele – de trabalhar, foi visto por jornalistas em lugares públicos se divertindo à grande, sem dar a mínima demonstração da tal doença que o aflige. Nós, povo, continuamos a pagar seu amplo salário.
Com frequência, a imprensa nos revela casos de desvios do INSS, principalmente por funcionários do instituto, que “inventam” nomes fictícios de aposentados e pensionistas, para ficarem com aqueles pagamentos – isto é, o nosso dinheiro.
Em uma escala muito maior, o nosso presidente, aquele chamado de “o cara”, anda presenteando Cuba, Venezuela, Haiti e países da África com perdões das suas dívidas, presentes e mimos, sob o rótulo de ajuda humanitária, mas que na verdade pode ser considerada como a “compra do cacife para seu futuro político”. O interessante é que nem eu, nem você, nem ninguém do povo brasileiro fomos consultados sobre nossa concordância com este imenso desvio de dinheiro público. São bilhões de reais!
Nos países sérios, estas mutretas trazem graves consequências. No Japão, os flagrados nos ilícitos costumam se suicidar, por vergonha. Na Europa, cumprem longas penas de prisão. Quando se trata de políticos, são forçados a renunciar. Em alguns países árabes, suas mãos são cortadas.
Aqui no Brasil nada acontece. As mutretas continuam. A impunidade é tão ampla, que até criminosos de outros países costumam se refugiar por aqui, incentivados pelos filmes americanos, nos quais os criminosos sempre escolhem o Brasil como rota de fuga.
Isso que é prestígio!

8.8.10

Dica: sacando a rolha sem abridor

Com essa dica, não será por falta de abridor de vinhos que você estragará um momento de romance com a sua amada.

6.8.10

Comentando comentários

A possibilidade de contar com um espaço garantido nos grandes veículos de comunicação aparentemente deforma a visão e o parecer de muitos comentaristas políticos.
Ouvindo os podcasts de Josias de Souza e Eliane Catanhêde na Folha.com, fica nítida a preferência e o fascínio que ambos têm pelo PT.
Como de hábito em suas opiniões e artigos, para eles a sargenta petista “se saiu melhor” no debate promovido pela TV Bandeirantes. A Catanhêde, inclusive, viu um “Serra muito nervoso, inseguro”... exatamente ao contrário do que realmente ocorreu no debate, quando a sargenta gaguejou, titubeou, errou muito nas concordâncias verbais e tergiversou sobre os temas que lhe foram colocados.

Quem assistiu imparcialmente o debate, viu que nada do que ambos os jornalistas afirmam ocorreu realmente.
No embate político entre PT e PSDB, o que mais destoa são jornalistas espumando de raiva ou salivando de satisfação, sempre tendenciosos a favor da sua ‘ídola’ adepta de Cuba, movidos por razões duvidosas e misteriosas – mas que as pessoas inteligentes sabem perfeitamente do que se trata.

Proibida a entrada de cães

Há que ser criativo para matar a sede por uma cervejinha!

6 de agosto: lembrando Hiroshima e Nagasaki

No fatídico dia 6 de Agosto de 1945, para uma demonstração de força, por ordem de Harry Truman, então presidente dos EUA e em revide ao ataque japonês à base militar de Pearl Harbor, aviões estadunidenses se aproximaram do primeiro alvo a sofrer os horrores das armas nucleares. Hiroshima, a então sétima maior cidade japonesa, com 350 mil habitantes, foi atacada por Little Boy, que até o fim do ano de 1945, decretou a morte de aproximadamente 150 mil japoneses, dos quais apenas 20 mil eram militares.
No dia 9, atacaram a segunda cidade-alvo, Nagasaki e seus 175 mil habitantes foram as vítimas de Fat Man, a segunda e mais poderosa bomba, que vitimou aproximadamente 70 mil seres humanos.
- Eu não tenho de lhes dar satisfações e vocês não entendem nada disso – estas foram as palavras de Harry Truman em fins de 1963, para um grande grupo de estudantes-bolsistas que o visitava, parte do roteiro de intercâmbio entre diversos países. Quem formulou a pergunta do por quê ter lançado a bomba sobre alvos civis foi um estudante japonês. O testemunho foi de minha falecida esposa, que era uma das estudantes-bolsistas presentes e havia feito amizade com o rapaz. Truman foi chocante, na opinião dos presentes.

5.8.10

Novela londrinense

O Tribunal de Contas do Paraná anulou a decisão que impediu o deputado estadual Antonio Bellinati (PP) de assumir a prefeitura de Londrina após vencer as eleições municipais de 2008. Com isso, Bellinati pretende ser declarado o novo prefeito da cidade.
Como se sabe e já publicamos no blog, Bellinati havia vencido as eleições para prefeito em 2º turno, mas o processo existente contra ele no Tribunal de Contas impediu que assumisse. Assim, houve excepcionalmente um 3º turno np começo do ano passado, sem a presença de Bellinatti e quem venceu as eleições foi o atual prefeito Barbosa Neto.
Agora, os advogados de Bellinati já anunciaram que pretendem pedir à Justiça que dê posse a ele como prefeito. “O TC reconheceu que foi um equívoco aquela reprovação de contas e que elas têm de ser aprovadas com ressalvas”, declarou o advogado de Bellinati. "Esse era o único empecilho para que Bellinati obtivesse resultado favorável no recurso que tramita no STF. Se esse empecilho não existe mais, não há nenhum obstáculo para o reconhecimento da legitimidade da candidatura”, argumentou.
O caminho para que a eleição de Bellinati seja validada, porém, ainda parece longe de acabar. A decisão do pleno no tribunal ainda pode ser contestada pelo Ministério Público de Contas, que se posicionou contra o recurso de Bellinati. O advogado de Bellinati acredita que em 120 dias o deputado pode obter o resultado positivo no recurso e assumir a prefeitura, hoje comandada por Barbosa Neto.
Se vencer no STF, Bellinati protagonizaria uma situação curiosa: seria empossado na prefeitura, mesmo correndo o risco de não conseguir ser candidato a deputado em 2010, por ter três condenações judiciais colegiadas – o que provoca a inelegibilidade, segundo a Lei da Ficha Limpa.
“É bom deixar bem claro que não há relação entre essa decisão do TC e eventual posse, com as eleições deste ano”, sustenta o advogado de Bellinati.
Londrina não merece! Nós não merecemos!

4.8.10

Amorphophallus titanium

Esta é a Amorphophallus titanium, uma das plantas mais raras do mundo. A foto é de Yuriko Nabao, que teve o privilégio de acompanhar o dia em que a flor se abriu pela primeira vez depois de 20 anos, no Jardim Botânico de Tóquio. Este tipo de flor se abre por apenas dois dias a cada ano. No dia em que foi fotografada, 1600 pessoas formavam uma longa fila desde a madrugada, apenas pelo prazer de ver, fotografar e filmar a inusitada flor.

Mensagem aos comunistoides

Você não pode criar prosperidade
desalentando a iniciativa individual
-
Você não pode fortalecer o fraco,
debilitando o forte
-
Você não pode ajudar aos pequenos,
esmagando os grandes
-
Você não pode ajudar o pobre,
destruindo o rico
-
Você não pode elevar o assalariado,
pressionando a quem paga o salário
-
Você não pode resolver seus problemas
enquanto gaste mais do que ganha
-
Você não pode promover a fraternidade
da humanidade, admitindo e incitando
o ódio de classes
-
Você não pode garantir uma adequada segurança
com dinheiro emprestado
-
Você não pode formar o caráter e o valor
de um homem cortando-lhe sua
independência (liberdade) e iniciativa
-
Você não pode ajudar aos homens
realizando por eles permanentemente
o que eles podem
e devem fazer por si mesmos
-
DECÁLOGO DE ABRAHAM LINCOLN
1809-1865
16.º Presidente dos Estados Unidos da América

3.8.10

No tempo das garotas-propaganda

Quando comecei a trabalhar em propaganda, na Fidel Propaganda Ltda. uma das incumbências que a agência me passou era verificar se os produtos que iriam ser anunciados na televisão estavam intactos e montados corretamente, além de repassar os textos com as garotas-propaganda, que na época pré-vídeo tape divulgavam os produtos ao vivo.
Para isso, eu me deslocava até os estúdios da TV Record, próximos ao Aeroporto de Congonhas, ou da TV Paulista (das famosas Organizações Victor Costa), na Rua das Palmeiras e que foi comprada pela atual Rede Globo.
Fogões, geladeiras, aparelhos de rádio e televisores faziam parte do rol de produtos apresentados pelas lindas garotas.
Uma das garotas-propaganda com quem repassei algumas vezes os textos foi a bela Neide Alexandre, muito requisitada pela competência e beleza. Segundo sua própria biografia, Neide chegava a fazer até dez comerciais ao vivo por dia frente às câmeras e se admira até hoje do quanto elas trabalhavam e como se esforçavam para que tudo saísse certo.
Bons e românticos tempos!

O PT e o Mer( )andante

O candidato do PT ao governo de São Paulo, Aloizio Mer( )andante, que anda lá em baixo nas pesquisas, criticou as administrações tucanas no governo paulista após os dois ataques contra a Rota (Rondas Tobias de Aguiar) em menos de 17 horas no final de semana. O petista sugeriu uma correlação dos episódios com a facção criminosa PCC ao dizer que a criminalidade aumentou por falta de controle nos presídios. "É evidente que em São Paulo o governo perdeu o controle do sistema prisional e foi de dentro dos presídios que essas facções criminosas se organizaram e têm mostrado sua força".
O que o petista esqueceu de dizer foi a “estranha coincidência” destes ataques, bem no momento em que o candidato Geraldo Alckmin está novamente disparado à frente nas pesquisas eleitorais – exatamente como em 2006, quando o PCC aterrorizou São Paulo visando prejudicar a sua candidatura contra Lula.
As pessoas inteligentes sabem que estes ataques foram e são orquestrados. Sabem também qual é o partido que os está promovendo. É o mesmo partido que alimenta, nutre, financia e promove as badernas e assassinatos do MST, do PCC e até, segundo alguns, de prováveis ações das FARC no Brasil.
Escuta aqui, ó Mer( )andante: segundo o Mapa da Violência (2007), são 40 os assassinados por 100 mil habitantes no Rio, contra 15 em São Paulo.

Por que o senador não vai sugerir ao governador do Rio que por lá se organizem melhor? Será porque o governador do Rio é o maior puxa-saco do presidente?

2.8.10

Um comercial muito especial para mim

Eis um comercial que possui um significado especial para mim. Foi produzido em 1957 pela Dória Associados Propaganda, cujo escritório estava localizado no último andar do Edifício CBI na Rua Formosa, em São Paulo. O criador e Diretor de Arte deste desenho animado foi o italiano radicado no Brasil, Mário Lantana. Uma das características de Mário era desenhar as figuras com apenas quatro dedos em cada mão. E eu, ainda bem jovem, fiz parte da equipe de artefinalistas dessa produção.

O ponto de partida era a trilha sonora: cada figura do fotograma precisava ser desenhada de acordo com o texto ou a canção, coordenando os movimentos labiais e corporais.

Naquela época pré-computador, cada fotograma era previamente desenhado em papel transparente, que possuia dois furos-guias, para ser encaixado em uma prancheta. A prancheta era a base para todo o processamento posterior. Em seguida, os artefinalistas (como eu) copiávamos os desenhos-traço sobre um acetato, à nankin. Desenho feito, o acetato era invertido e nas suas costas eram pintadas as cores das roupas, mãos, corpo, produto, etc., à guache. Esse processo parecia uma linha de produção: os acetatos iam passando de mão em mão pela equipe de artefinalistas, um pintava a blusa com determinado tom de cinza, outro pintava a saia com outro tom mais escuro, outro o terno, e assim por diante.

Este desenho do Leitesol foi produzido em preto-branco e utilizamos várias tonalidades de cinza, além dos traços pretos.

A etapa seguinte consistia no acabamento do comercial, filmado quadro à quadro sobre o fundo.

Este comercial, se bem me lembro, incorporou mais de 1000 desenhos de figuras, desenhadas e pintadas uma à uma e levou cerca de cinco meses para sua conclusão.

Sorria. Você está sendo filmado

Com o Big Olho, acabou a privacidade. É bom avisar sua mulher do seu programa - para você não acabar mal.

1.8.10

Exterminando segurados da saúde

Um cálculo aritmético incompreensível promovido pela ANS (Agência Nacional da Saúde) vai levando para o brejo milhares de segurados em planos de saúde.
Pois se a inflação brasileira, medida pelo maior índice (IGP-M da FGV) nos últimos doze meses foi de 5,17%, como é que se explica o aumento de alguns planos de saúde (dos chamados contratos antigos) em 10,91%?
Aqui vão algumas suposições:
1 – Esta é uma forma de castigar aqueles segurados dos planos antigos que não quiseram ou não puderam aderir e se adaptar aos planos novos, infinitamente mais caros.
2 – Esta é uma forma de expurgar do quadro de segurados as remanescentes pessoas físicas dos planos antigos, visto que algumas seguradoras atualmente só trabalham com planos empresariais.
3 – Esta é uma forma de, ano após ano, buscarem realinhamento de preços com os planos não antigos, mesmo não oferecendo as mesmas coberturas. Só que esqueceram de perguntar aos segurados se eles receberam 10,91% de aumento nos seus salários ou nas suas aposentadorias.
Resta uma dúvida: como é que o governo permite oficialmente um aumento desta monta, em um setor que foi exatamente criado para suprir as deficiências de atendimento em que o próprio governo historicamente se mostra incompetente, ineficiente, incapaz e desumano e que seria ainda muito pior se esta leva de segurados se valesse dos seus serviços?