8.4.10

Verbas do PT para o PT


Auditoria do Tribunal de Contas da União descobriu o óbvio: várias falhas no processo de transferência, controle e fiscalização de recursos federais para a prevenção de desastres naturais em estados e municípios. Entre 2004 e 2009, o Ministério da Integração Nacional aplicou R$ 358 milhões. A Bahia ficou com a maior parte, 37%. São Paulo recebeu menos de 9% e o Rio de Janeiro, 0,65%.
Entre tantas explicações e justificativas da turma do PT, uma coisa ficou clara: o ex-ministro da Integração Nacional (que se desligou há poucos dias para concorrer ao cargo de governador da Bahia) é o espertíssimo Geddel Vieira Lima, afinadíssimo com o PT, que aproveitou as verbas (o nosso suado dinheirinho) para preparar sua cama eleitoral com os conterrâneos.
Além disso, o governador atual é o Jacques Wagner. Partido? PT! É preciso mais alguma explicação ou a malandragem ficou clara?
Política à parte: não me lembro de quando foi o último desastre natural na Bahia. Em compensação, de São Paulo e do Rio de Janeiro estamos bem informados. O tal Geddel não sabia que no Rio de Janeiro existem áreas de risco? Ele vai assumir sua responsabilidade pelo descaso, indiferença e o desvio das verbas para a Bahia?

Nenhum comentário:

Postar um comentário