22.4.10

Ordem do Rio Branco

Li, estarrecido, que há poucos dias Marisa Letícia, Mariza Alencar e Ana Maria Amorim, casadas, respectivamente, com Luiz Inácio Lula da Silva, José de Alencar e Celso Amorim, foram agraciadas, entre outras pessoas, com a Ordem de Rio Branco. “Não se pode imaginar a atuação do presidente Lula sem o apoio de sua mulher”, justificou o titular do Itamaraty, invocando o encanecido ditado de que por trás de um grande homem sempre há uma grande mulher.
Estas senhoras estão destoando completamente da companhia de outros agraciados, como Cora Coralina (Literatura), José Mindlin (Literatura), Julio Bressane (Cinema), Laura Cardoso (Teatro), Lauro César Muniz (TV), Mario de Andrade (literatura), Mario Pedrosa (artes Plásticas), entre outras personalidades agraciadas em 2007. Estas personalidades fizeram por merecer tal condecoração.
A Ordem de Rio Branco foi instituída pelo Presidente João Goulart, no Decreto n° 51.697, de 5 de fevereiro de 1963. É destinada a galardoar os que, por qualquer motivo ou benemerência, se tenham tornado merecedores do reconhecimento do Governo, servindo para estimular a prática de ações e feitos dignos de honrosa menção, bem como para distinguir serviços meritórios e virtudes cívicas. Pode ser conferida a pessoas físicas ou jurídicas, nacionais ou estrangeiras.
Estou louco para saber quais foram os feitos dignos de menção honrosa destas senhoras.
Isso aí está me cheirando mais alisamento de ego presidencial do que merecimento.

Muito alisamento!

Nenhum comentário:

Postar um comentário