18.3.10

Perguntas do Ferreira Gullar (parte 1)

(Publicadas na Folha de São Paulo em 21/01/2008 - muito pertinentes ainda hoje)

* Por que será que o Congresso inventou o senador sem voto? Terá sido por esperteza ou por ingenuidade? O que você acha?
* Os advogados de defesa, em geral, aconselham o acusado a mentir, falsear a assinatura e, noutras situações, lançam mão de sucessivas chicanas até o crime prescrever. Pergunto: esses advogados estão a serviço da Justiça ou do crime?
* Se a Justiça deve ser igual para todos, por que o presidente da República, os governadores, prefeitos, ministros, deputados, senadores, têm foro privilegiado?
* Os traficantes exercem um domínio de terror sobre os favelados. Em sua opinião, esse é um problema dos próprios favelados ou o governo deve intervir em defesa deles?
* Ninguém duvida da existência de policiais corruptos, que colaboram com o crime organizado. Pode-se contar com uma polícia corrupta para defender os cidadãos?
* Os traficantes têm verdadeiros arsenais de guerra em seus redutos. Não lhe parece que é obr igação policial apreender essas armas?
* A coisa mais comum, hoje em dia, é bandido executar policial fora de serviço. Já soube de alguma entidade, dessas que defendem os direitos humanos, que tenha manifestado seu repúdio a essas execuções? Já se perguntou por quê?
* Já lembrou que policiais são cidadãos como nós, têm mulher, filhos, pai, mãe e arriscam a vida em defesa da sociedade, por um salário que às vezes mal passa de R$ 1.000?
* Terão as pessoas se dado conta de que a polícia, no Estado democrático, é um órgão criado para fazer cumprir as leis e dar segurança aos cidadãos? Que não foi o policial que inventou a polícia e que ele está ali como um profissional? Ou devemos acabar com ela e cada um irá se defender dos bandidos do jeito que puder? Certo não seria melhorá-la?

Nenhum comentário:

Postar um comentário