10.3.10

Comparação pra lá de infeliz

Não dá para acreditar: o petista chefe de estado teve o dom de afrontar nossa inteligência ao comparar prisioneiros cubanos com sentenciados paulistas.

Ele se esqueceu de que em São Paulo estão presos criminosos e infratores da lei.

Em Cuba, foram jogadas às masmorras pessoas que tiveram a coragem de contestar o regime ditatorial, que se rebelaram contra as injustiças dos “governantes” de lá e que tentaram chamar a atenção para as péssimas condições de vida dos seus oprimidos conterrâneos. Em momento nenhum eles cometeram crimes ou infringiram a lei.

Imagina-se que possa haver cinquenta e um motivos para que os neurônios do nosso chefe de estado estejam deixando de se interligar e soltar uma abobrinha dessas. Nem adiantaram as tentativas daquele barbudinho ministro das relações exteriores para tentar justificar o injustificável.

Nenhum comentário:

Postar um comentário