9.1.10

Ditadura petista em marcha

Amantes da democracia: fiquem espertos.
O desastrado governo do PT, liderado pelo Lula da gula ditatorial, está tentando jogar para o Congresso um decreto absolutamente inconstitucional, que leva o pomposo nome de '3º Plano Nacional de Direitos Humanos'.
Segundo Arthur Virgílio, líder do PSDB no Senado, “o decreto do governo apresenta vícios de constitucionalidade insanáveis que se contrapõem às normas da legislação em vigor no país no que diz respeito à anistia. O texto colide com princípios constitucionais essenciais como a da livre iniciativa privada, o direito de propriedade e a liberdade dos meios de comunicação, contendo diretrizes político-ideológicas parciais e totalitárias que restringem os direitos e garantias individuais e fragilizam as instituições democráticas, instrumentos primordiais na manutenção do Estado de direito".
Críticas acirradas também estão sendo emitidas por militares, pelo ministro Reinhold Stephanes (Agricultura), pela (Confederação Nacional da Agricultura) e CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil).
O decreto cria total "insegurança jurídica" ao modificar regras para a reintegração de posse de terras invadidas no país (leia-se os fora-da-lei do MST), na opinião de Stephanes.
A senadora Kátia Abreu acusou o governo de elaborar um plano ideológico contra o agronegócio em um texto com 'plataforma socialista' do governo federal.
Ainda no final de dezembro, os comandantes do Exército, general Enzo Martins Peri, e da Aeronáutica, brigadeiro Juniti Saito, ameaçaram pedir demissão caso o Lula não revogue alguns trechos do Plano Nacional de Direitos Humanos --que cria a 'Comissão da Verdade' para apurar torturas e desaparecimentos durante o regime militar (1964-1985). Duas propostas deixaram a área militar particularmente irritada: identificar e tornar públicas as 'estruturas' utilizadas para violações de direitos humanos durante a ditadura e criar uma legislação nacional proibindo que ruas, praças, monumentos e estádios tenham nomes de pessoas que praticaram crimes na ditadura.
E. como sempre, o Lula da gula ditatorial afirmou que não leu o que assinou!

Ele finge que 'não çabe de nada'!

Um comentário:

  1. É isso aí:DITADURA NUNCA MAIS!(Não permitamos,chega!)(Maria A.Franzoni)

    ResponderExcluir