10.12.09

Eu só queria compreender


Terminou em confronto a manifestação organizada contra a permanência no cargo do governador José Roberto Arruda (DEM), suspeito de envolvimento em um suposto esquema de corrupção. Vários manifestantes foram presos e alguns foram feridos. A Polícia Militar usou bombas de efeito moral, gás lacrimogêneo e gás de pimenta para dispersar os mais de 2.000 manifestantes que protestavam em frente ao Palácio do Buriti, sede do Governo do Distrito Federal e do Tribunal de Justiça do Distrito Federal. A PM partiu para o enfrentamento depois que parte do grupo tentou interditar as duas pistas de acesso aos prédios públicos. Os manifestantes insistiram em ocupar as faixas de trânsito e a cavalaria da PM entrou em ação usando cassetetes. Pelo menos, 400 homens da PM participaram da operação.
Agora, o outro lado: a cada vez que o MST (Movimento dos Sem Terra) invade uma propriedade – geralmente produtiva – e promove estragos, vandalismo e destruição, a polícia fica apenas assistindo, não age e permite que esses grupos, liderados por agitadores profissionais, permaneçam no local até chegar uma demorada ordem judicial de reintegração de posse.
Alguém me explica?
Foto: Fernando Bizerra Jr/Efe

Um comentário:

  1. Mas é óbvio:quem manda no Distrito Federal?É claro que é o Arruda.Ele está certo ao defender o direito de ir e vir do cidadão,mesmo que esteja erradíssimo na prática de furtar o dinheiro do povo.E quanto ao MST,é inimputável,e protegido pelo governo do PT,que usa os poderes da União para fazer valer 'sua causa própria'(seja lá o que isso for).(M.A.Franzoni)

    ResponderExcluir