4.11.09

Criminal minds

Quem assiste a episódios dessa série norte-americana que retrata ações de serial killers, sempre identificados e apanhados por uma equipe especializada em traçar perfis humanos, imagina que as cenas não poderiam fazer parte da vida real.
Puro engano!
Veja o que a polícia de Cleveland, EUA, encontrou na casa de Anthony Sowell, de 50 anos: um total de 10 corpos enterrados no porão, no jardim e em uma sala no andar superior. Os agentes encontraram também um crânio embrulhado, colocado em um balde no porão.
Primeiro foram descobertos os corpos de seis mulheres, depois mais quatro. A polícia identificou dois desses corpos como sendo de mulheres negras; uma delas havia sofrido morte violenta, caracterizada como homicídio. Não houve identificação sobre o sexo dos dois outros corpos.
Sowell havia sido liberado em 2005 depois de passar vários anos na prisão, acusado de um estupro em 1989. Agora ele foi preso novamente.
A ficção existe na vida real. Por vezes, até mais cruel.

Foto: Reuters

Nenhum comentário:

Postar um comentário