30.11.09

Capa criativa

Capa desenvolvida para livro contendo as melhores criações publicitárias da Europa. Veja a fusão de traços do código de barras com a zebra.

27.11.09

Norman Rockwell, o ilustrador

Pintor e ilustrador norte-americano, Norman Rockwell foi muito popular, tendo executado 321 capas da revista The Saturday Evening Post em mais de quatro décadas, além de ilustrações de cenas da vida estadunidense para anúncios, capturando as expressões das pessoas de maneira exata e caricaturada.
Seus desenhos e pinturas são famosos pela meticulosidade e exatidão de traços e cores. Em 1937 passou a fotografar e elaborar os desenhos a partir de fotografias, elaborando desenhos em preto e branco para depois estudar as possibilidades de cores e texturas. Todos os setores da vida norte-americana foram retratados por Rockwell. Durante a Segunda Guerra Mundial, ilustrou soldados, desta vez com expressões sérias. Sua obra "Four Freedom" ficou conhecida mundialmente.

No Brasil, Rockwell foi uma referência para nossa geração publicitária dos anos 60 e 70. Era raro não encontrar uma revista com algum desenho seu sobre a prancheta dos nossos ilustradores, a título de inspiração.

26.11.09

Responsabilidade ambiental

O que é responsabilidade ambiental para você?
O que é responsabilidade ambiental para as empresas?
Eis um tema que vem sendo bombardeado pela mídia internacional nestes últimos anos.
O que impressiona é que aqui em Londrina, há pelo menos uma construtora que certamente desconhece e despreza o que seja responsabilidade ambiental e vem há anos atormentando a vizinhança com os ruídos insuportáveis de uma serra elétrica, para obras que nem se localizam no endereço em questão.
Um especialista em segurança afirmou-me que esse tipo de ruído supera 130 decibéis – muito acima dos 80 ou 85 decibéis permitidos por lei. Esse alto número de decibéis pode prejudicar – e muito – a audição de uma pessoa.
Não adiantaram pedidos educados, e-mails, telefonemas nem processo movido na Prefeitura.
A serra vai serrando e sobra para nós, os vizinhos, nos lixarmos...
Os dirigentes da tal construtora comportam-se de modo ignóbil, como malandretes, encalamoucando e desencabelizando os cidadãos, pouco se importando com a responsabilidade ambiental, com a política da boa vizinhança e com a lei, oras a lei.
(Por razões legais, estou impedido de divulgar o nome da empresa, pois a denúncia nominal que constava deste blog foi censurada, sob ameaça de um processo judicial).

Mas quem mora em Londrina sabe perfeitamente qual é a construtora à qual me refiro.

Perguntar ofende?

Se o sal acaba com a lesma,
o pré-sal acaba com o molusco?

25.11.09

Atravesse na faixa

Essa criação paulistana foi feita apenas pelo prazer da própria criação e está exposta no site "desencannes". A idéia é muito boa e poderia ser aproveitada por vários municípios para educação no trânsito. Que tal? (Não esquecer os direitos autorais...)

24.11.09

O triste fim do molusco

Política tem dessas coisas.
Grandes visionários da história tiveram finais muito tristes.
César foi traído e apunhalado por Brutus.
Mussolini foi fuzilado e dependurado em praça pública.
Hitler, dizem, suicidou-se em seu bunker.
Ceaucescu e sua mulher foram executados.
Saddam foi enforcado após ‘julgamento’.
Outros tantos foram envenenados.
Dizem que o molusco da foto teve surtos psicóticos e enredou-se sozinho. Mesmo com a ajuda de vários ‘cumpanheros’ não conseguiu escapar da sua triste sina.
Alguns trabalhadores ainda se banquetearam com as sobras. Restos foram distribuídos para portadores de bolsas-qualquer-coisa.
Chavez, Morales, os irmãos Castro, Ahmadinejad e outros igualmente menos cotados estão se sentindo órfãos.
O mar voltou a ficar tranquilo.
Foto: lula gigante

Flagrante indiscreto

O "scootersreport.com" flagrou o tal do Ahmadinejad com o fanfarrão Chavez momentos antes de se encaminharem juntos para a sauna. O iraniano sempre se declarou muito machão e não tolera homossexuais. E agora, Pimpão?

23.11.09

Lata d’água na cabeça, ambulantes e o Código de Posturas de Londrina

Nas décadas de 1940 e 1950, os morros do Rio de Janeiro faziam parte do folclore carioca, com seu povo homenageado por compositores famosos e cantado alegremente em marchinhas de Carnaval. Hoje, a poética Maria que descia o morro com a lata d’água na cabeça, a Conceição que vivia no morro a sonhar e o Orfeu que se apaixonou perdidamente por Eurídice, já não existem mais. Foram substituídos pelo Comando Vermelho, pelos narcotraficantes, pelos meninos aviõezinhos que transportam drogas e pelos bandidos armados que enfrentam a polícia com pesado armamento antiaéreo.

Nas devidas proporções, Londrina sofre o mesmo efeito dos problemas que ocorrem no Rio de Janeiro. Leio diariamente nos jornais o desafio que os ambulantes e vendedores de produtos piratas impõem à Prefeitura, se recusando a deixar os espaços que ocupam ilegalmente, atrapalhando os pedestres, concorrendo deslealmente com os comerciantes que pagam impostos e alegando falta de opções de trabalho - apesar de existirem na cidade vários cursos, alguns deles gratuitos, para que estas pessoas se reciclem profissionalmente.

Simultaneamente trava-se uma batalha entre o prefeito Barbosa Neto e as empresas de publicidade exterior, que simplesmente ignoram a lei municipal e emporcalharam a cidade com milhares de outdoors, frontlights, painéis, e luminosos, sem critério e sem respeito aos londrinenses.

Na mesma contramão da história incluem-se ainda os poluidores sonoros, com seu som ligado às alturas em plenas madrugadas, os “sujismundos” que desovam entulho pelos terrenos e esquinas, e as construtoras, especialmente na Gleba Palhano, que vem sistematicamente assoreando o Lago Igapó II.

O que a população, o prefeito e a Câmara Municipal de Londrina aparentemente se esquecem é de que existe um Código de Posturas do Município, criado pela Lei Nº 4.607, de 17 de dezembro de 1990 – e em pleno vigor. Esse código foi justamente criado para administrar Londrina e contém “as medidas de Polícia Administrativa a cargo do Município, estatuindo as necessárias relações entre o poder Público local e as pessoas físicas ou jurídicas, liberando, fiscalizando, condicionando, restringindo ou impedindo a prática ou omissão de atos de particulares e no funcionamento de estabelecimentos comerciais, industriais, e de prestação de serviços, sempre no sentido de disciplinar e manter a ordem, a higiene, a moral, o sossego e a segurança, e dá outras providencias”, como consta logo no seu Artigo 1º.

Depreende-se então que a prefeitura está deixando de cumprir sua obrigação legal, seja por desconhecimento, seja por complacência, seja por razões político-eleitoreiras, seja por descaso, permitindo simplesmente que a ilegalidade, o desafio à autoridade constituída e o interesse de pequenos grupos destituídos do senso de valores se sobreponham ao bem-estar e aos direitos dos cidadãos.
JEB

Sapateado: tirando do baú

Bob Hope - que você provavelmente só conhecia como comediante - e James Cagney formam aqui uma dupla fantástica de sapateado, lembrança dos bons tempos do cinema americano.

21.11.09

Prefeitura de Londrina em baixa

Não por acaso, saiu uma pesquisa em Londrina sobre a aprovação da população em relação ao prefeito Barbosa Neto, após 200 dias de gestão. E o resultado só poderia mesmo ser o esperado: houve queda em todas as regiões da cidade. Cerca de 60% dos londrinenses ou desaprovam a gestão do prefeito ou não sabem dizer, restando apenas 40% de aprovação.
O que não é de estranhar: basta ver a notícia anterior sobre o atendimento dos ‘servidores públicos’ ao cidadão e se percebe que, mesmo que o prefeito seja bem intencionado, ele deve estar muito mal assessorado.
Como a população trata com a entidade Prefeitura e não com a figura pessoal do Prefeito, se o mal-atendimento for generalizado, o resultado só poderia ser mesmo negativo.

PT mostra sua cara

Será que ainda choca ao brasileiro saber que o ex-ministro José Dirceu e os deputados federais José Genoino e João Paulo Cunha estão voltando a disputar cargos de direção no PT, depois das suas conhecidas mutretas, bandalheiras, rapinas e desvios via ‘valerioduto’?
Como se sabe, os três são réus no processo do caso no STF (Supremo Tribunal Federal), que se for realmente justo irá mandá-los em cana por um longo período.
E não é só: outros cinco petistas ligados ao escândalo do mensalão também estão na chapa de José Eduardo Dutra, o candidato favorito a vencer o Processo de Eleições Diretas do PT.
Para que não se lembra, o PT era aquele partido que pregava transparência e honestidade e se achava muito melhor do que os outros.
Vade retro, Satanás!

20.11.09

Prefeitura de Londrina: muito a aprender

Resposta curta e grossa recebida por mim da Secretaria do Meio Ambiente (SEMA) da Prefeitura de Londrina, a respeito de um processo em andamento sobre poluição sonora:
“Não é da nossa competência”.
Simples assim.
Sem outros direcionamentos, sem informar de quem seria a tal competência, sem maiores explicações.
Os funcionários públicos de cidades menos evoluídas do que Londrina (como Nova Iorque, Londres e Paris, por exemplo), tratam o contribuinte muito melhor do que os servidores públicos de cá (aliás, o termo ‘servidor público’ é muito utilizado no Brasil, originado dos tempos dos nossos colonizadores e da servidão). Naquelas cidades menos evoluídas eles estão prontos para orientar e tentar resolver os problemas dos cidadãos que em última instância pagam os seus salários.
Aqui, os tais ‘servidores públicos’ se acham os reis e estão convencidos de que não devem satisfações a ninguém.

Até que ocorra alternância no poder.
Aí, todos eles voam pelas janelas e irão se queixar do desemprego... ao bispo.

Gaiteiros afinados

Taí um conjunto que pode ser chamado de muito harmônico. Este é o Adler Trio.

19.11.09

“Boi Barrica”, Fernando Sarney e o Estadão

O advogado Eduardo Ferrão ingressou com petição junto ao Supremo Tribunal Federal (STF) por meio da qual pede manutenção da decisão do desembargador Dácio Vieira, do Tribunal de Justiça do Distrito Federal (TJ-DF), que proibiu o jornal O Estado de publicar detalhes da Operação Boi Barrica, da Polícia Federal, que constatou o envolvimento do filho do senador José Sarney, Fernando.

O advogado do Estadão, Manuel Alceu Affonso Ferreira, pedira a suspensão da censura ao jornal e assinala que a mordaça imposta pelo Judiciário é "certamente a mais avassaladora e lastimável delas (...) e privilegiou, ou pensa estar privilegiando, direitos personalísticos subjacentes à privacidade e à honra, sobrepondo-se ao direito prevalecente da atividade informativa.
(Do jornal O Estado de São Paulo)

Ronaldo, Kaká, Ronaldinho? Que nada!

Esse é o cara bom de bola. Ninguém faz igual!

Muricy continua no São Paulo

Quem pensava que o técnico Muricy Ramalho havia se desligado do São Paulo Futebol Clube, enganou-se: ele continua contratado pelo clube e está fazendo um ótimo trabalho. Conseguiu arrancar o Palmeiras da liderança tranquila do Brasileirão e eliminá-lo da disputa pelo título. Muricy sempre declarou seu amor incondicional pelo São Paulo.

18.11.09

Sua vida nunca mais será a mesma

Você está preparado?

17.11.09

Este blog apóia o ‘Estadão’

Mesmo sendo este blog uma gotinha d’água no universo da comunicação, deixo registrada a minha indignação sobre a mordaça que foi imposta ao jornal O Estado de São Paulo, proibido pela censura de noticiar os desmandos cometidos por um dos filhos do Sarney, aquele aproveitador “coronel” maranhense.
Por isso, aqui vai minha torcida para o feliz resultado do recurso que o jornal encaminhou ao Supremo Tribunal Federal.
Minha geração já sentiu na carne a censura imposta pela ditadura, quando até para publicarmos anúncios de clientes no Exterior – que visavam trazer divisas ao nosso país - tínhamos de nos humilhar e passar pelo crivo de “otoridades” de gritos muito altos e mentes muito curtas.

Vem aí... atividade paranormal!

16.11.09

Mulher vive feliz com quatro homens

Vá guardando bastante gelo no freezer

As metas para redução de emissões de gases do efeito estufa, que deveriam ser obrigatórias a partir da próxima reunião, em Copenhague, ficaram para 2010, pois os líderes dos países ricos que incluem os Estados Unidos e a China, – os dois maiores destruidores da camada de ozônio – desistiram de assinar o acordo ainda neste ano.
Isso significa que as metas obrigatórias de redução de emissões de gases do efeito estufa para a segunda fase do Protocolo de Kyoto ficaram para ser definidas só no ano que vem.
Os entendimentos foram iniciados há dois anos, após a conferência de Bali, na Indonésia, que estabeleceu 2009 como o prazo legal para renovação das metas do Protocolo de Kyoto. Vários países industrializados, porém, condicionam a definição de suas metas à participação dos Estados Unidos - o que depende da votação da lei pelos americanos. Traduzindo: enquanto eles empurram o prazo do acordo com a barriga, você vai ter de se virar para salvar a sua pele, pois o aquecimento global é irreversível.

Foto: Gelito, Portugal

13.11.09

Comercial: máquina de lavar roupas

Veja que bela produção conseguiram realizar neste comercial de máquina de lavar roupa. Criaram um verdadeiro mundo submarino.

12.11.09

Estágios, estudo e diploma

O Núcleo Brasileiro de Estágios (Nube) avalia que, após o episódio envolvendo uma estudante hostilizada por usar vestido curto na Uniban, em São Bernardo do Campo (SP), as empresas poderão adotar "cautela" ao contratar como estagiários estudantes da universidade.
Oras, a verdade é que mesmo sem o ‘talibanismo’ praticado pelos estudantes da Uniban, com muita certeza as empresas sempre preferiram contratar estagiários da USP, UEL, UnB, PUC, FGV e outras universidades muito mais conceituadas.
Uma coisa é ter estudo. A outra é ter diploma. E diploma por diploma....

Foto: estudantes da UnB tiraram a roupa em sinal de protesto contra a Uniban. Foto de Pedro Ladeira.

11.11.09

Lei Seca chega ao aeroporto de Heathrow

Erwin Vermont Washington, piloto da United Airlines, foi detido nesta terça-feira no aeroporto de Heathrow, em Londres, por ter álcool no organismo acima do limite permitido.
O incidente ocorreu pouco antes da decolagem do vôo para Chicago, que levaria 124 passageiros e 11 tripulantes.
A Polícia entrou no Boeing 767 e prendeu o comandante por "suspeita de pilotar com limite de álcool excedente no organismo". Na cabine da aeronave, ele fez o teste de bafômetro e foi liberado posteriormente após pagar fiança.
O piloto foi afastado de suas funções enquanto autoridades investigam o caso. Os próprios funcionários da United Airlines haviam ‘dedurado’ o piloto para a polícia.
Viajar de avião! Eu, hein?

O menino do pijama listrado



Para quem não assistiu a esse filme, eis um bom momento para tomar conhecimento do horror do extermínio dos judeus pelos nazistas, nesta época em que aquele tal de Ahmadinejad está chegando ao Brasil e apregoa aos quatro ventos não acreditar que o Holocausto tenha acontecido de verdade.
Esse é um filme diferente, que não mostra a guerra com soldados disparando armas, seguindo ordens dos comandantes. A história nos é mostrada através dos olhos de Bruno, uma criança de oito anos, que não consegue realmente compreender o porquê de tanto ódio aos judeus. Seu pai é oficial nazista e foi promovido para comandar um campo de extermínio em massa, mudando-se com a família de Berlim para o campo. Lá, sem amigos e entediado, Bruno descobre que mora ao lado de uma “fazenda” que tem “moradores” estranhos, porque eles vivem vestidos de “pijamas”.
Desobedecendo a mãe, ele sai de casa e faz amizade com Shmuel, um menino judeu com a mesma idade, preso no campo de concentração. E a trama vai se fechando, culminando em um final extremamente dramático.
Título original:The Boy in the Stripped Pyjamas, duração:01 hs 34 min, 2008.
Direção: Mark Herman, baseado em livro de John Boyne

9.11.09

Pelé, o rei, minha homenagem!

Jogadas do rei para matar saudades do melhor do futebol.

O Muro, 20 anos depois

Com muita emoção, acabo de acompanhar pela tevê a nova derrubada simbólica do Muro de Berlim, através de um dominó gigantesco que lembrou os 20 anos do fim de uma era triste e tenebrosa para o mundo.
A história contemporânea está repleta de lembranças amargas e dolorosas. O Muro de Berlim foi uma delas, que impedia os alemães orientais de cruzarem para o lado ocidental, afastados da família, dos amigos, do bem-estar e do desenvolvimento.
Hoje foi um dia de festa para a Alemanha e para o mundo. Ainda bem que em algum momento da vida surgem pessoas iluminadas que conseguem discernir o certo do errado e colocam a civilização novamente no rumo da paz e do progresso.

Os olhos verdes de Geisy e a miopia da Uniban

A Uniban de São Bernardo do Campo, na Grande São Paulo, acabou expulsando sua aluna Geisy Arruda, de 20 anos, após o episódio inédito em que ela foi humilhada por outros alunos por usar um vestido curto. No anúncio divulgado, a universidade afirma que ela frequentava a unidade com trajes inadequados "indicando uma postura incompatível com o ambiente".
A nota diz ainda que "a atitude provocativa da aluna buscou chamar a atenção para si por conta de gestos e modos de se expressar, o que resultou numa reação coletiva de defesa do ambiente escolar".
Veja bem os olhos da Geisy nessa fotografia.
Você, leitor, acha que a Geisy deveria se preocupar com essa atitude provocada por mentes tão medievais?
Com esses lindos olhos verdes, Geisy tem ótimas chances de voar para uma distância muito maior do que a miopia dos donos da faculdade consegue enxergar.


Foto: Folha de São Paulo


6.11.09

“Honoráveis Bandidos”. Sarney, sempre ele!

Houve tumulto no lançamento do livro "Honoráveis Bandidos - Um retrato do Brasil na era Sarney", que mostra as bandalheiras do clã Sarney. A pancadaria ocorreu na sede do Sindicato dos Bancários, em São Luís do Maranhão, visto que as livrarias do Maranhão tiveram medo de promover o evento.
Segundo a editora Geração, o tumulto foi provocado por integrantes da Federação dos Estudantes do Maranhão, que apoiam a família Sarney. Eles jogaram ovos e uma torta na direção do autor Palmério Dória. O sindicato sofreu depredação.

Coronelismo é isso aí! Xô, Sarney!!!
(Fotos Folha São Paulo)

Mais uma raposa no galinheiro



O novo senador Acir Gurgacz (PDT-RO) assumiu o mandato depois de substituir Expedito Júnior, que foi cassado pelo TSE no ano passado pela acusação de compra de votos. O problema é que o novo senador responde a mais de 200 processos na Justiça comum e Eleitoral.
Na Justiça Eleitoral de Rondônia, Acir responde a um processo por abuso de meio de comunicação. Ele é acusado de usar um jornal da sua família para promoção da sua candidatura nas eleições de 2006.
Contra a empresa de Gurgacz, Eucatur, também tramitam centenas de processos judiciais, mas o senador considerou natural uma vez que há cerca de 11 mil funcionários vinculados à empresa. "É normal que existam demandas judiciais. Num quadro de 11 mil funcionários, 200 processos são normais", afirmou.
E agora a ironia: o senador defendeu a aprovação do projeto que prevê "ficha limpa" para os parlamentares que assumem os mandatos no Congresso. "É uma questão importante para o país defender esse projeto. A população merece isso sou inteiramente a favor", afirmou.
Dá para concluir que lá no Senado você pode contar com os dedos os senadores que não têm envolvimentos com a justiça – eleitoral, cível ou criminal. È capaz de sobrarem dedos de uma só mão. (Foto Roberto Koppe)

5.11.09

Craques da bola

A Nike escolheu alguns craques a dedo para este comercial.

4.11.09

Criminal minds

Quem assiste a episódios dessa série norte-americana que retrata ações de serial killers, sempre identificados e apanhados por uma equipe especializada em traçar perfis humanos, imagina que as cenas não poderiam fazer parte da vida real.
Puro engano!
Veja o que a polícia de Cleveland, EUA, encontrou na casa de Anthony Sowell, de 50 anos: um total de 10 corpos enterrados no porão, no jardim e em uma sala no andar superior. Os agentes encontraram também um crânio embrulhado, colocado em um balde no porão.
Primeiro foram descobertos os corpos de seis mulheres, depois mais quatro. A polícia identificou dois desses corpos como sendo de mulheres negras; uma delas havia sofrido morte violenta, caracterizada como homicídio. Não houve identificação sobre o sexo dos dois outros corpos.
Sowell havia sido liberado em 2005 depois de passar vários anos na prisão, acusado de um estupro em 1989. Agora ele foi preso novamente.
A ficção existe na vida real. Por vezes, até mais cruel.

Foto: Reuters

3.11.09

Lula vai sugerir SUS nos EUA


Essa notícia revela, não sei bem se empáfia, cegueira, ignorância ou má-fé. Pois o presidente Lula afirmou nesta terça-feira (dia 3), em Olinda, PE, que vai sugerir ao presidente Obama que copie o nosso “excelente” SUS lá nos EUA, para lidar com a crise da saúde. "Na próxima vez que encontrar o Obama, vou falar: 'Faça um SUS. Custa mais barato, é de qualidade e é universal'", disse Lula.
OK, para quem é atendido nos melhores hospitais do país (leia-se São Paulo) com tudo pago, atendimento vip, mordomias e os melhores médicos, a distância da realidade do SUS para Lula é maior do que a de uma viagem à lua. Ele nunca enfrentou uma fila...

2.11.09

Em direção à desordem

(Extrato)

"É impossível negar que, em matéria de Justiça, vivemos, no Brasil, uma espécie de comédia: uma cena recente desse pastelão foi a briga entre a Justiça Estadual de São Paulo e a Justiça Federal, cada uma delas atribuindo-se o direito de julgar os ladrões que roubaram duas telas -uma de Portinari e outra de Picasso- do Masp. A Justiça Estadual os condenou, o advogado de defesa recorreu da sentença e o Superior Tribunal de Justiça a anulou, alegando que, como as obras tinham sido tombadas pelo Iphan, órgão federal, caberia à Justiça Federal julgar os ladrões, e mandou soltá-los. Ou seja, enquanto os juízes brigam, os ratos passeiam em cima da mesa."
Ferreira Gullar