24.9.09

Agora é Lula, cultivando o antissemitismo


por Marcos Guterman, de O Estado de São Paulo

'Como anunciado, o presidente Lula encontrou-se nesta quarta-feira em Nova York com seu colega iraniano, Mahmoud Ahmadinejad. Deu-lhe um caloroso aperto de mão e, em entrevista posterior, disse que “não é constrangimento nenhum” reunir-se com Ahmadinejad, que há alguns dias declarou que o Holocausto é uma “mentira”. Para Lula, o fato de o presidente iraniano negar o Holocausto “é problema dele” e “não compromete as relações com o Brasil”. Lula considera o Irã de Ahmadinejad, alvo de pesadas sanções comerciais e financeiras da comunidade internacional, um “grande sócio”. '

Volto a perguntar: seus colegas partidários do PT Jacques Wagner, Tarso Genro, Carlos Minc e Paul Singer - entre outros -, todos eles judeus, concordam com estes atos provocativos do governo?

Nenhum comentário:

Postar um comentário