31.5.09

Outra maneira de tocar teclado

video

O bigodudo aprontou mais uma

Não é que eu esteja pegando no pé do Sarney. Mas é ele que se enrosca sozinho a todo o momento.
Desta vez ele deu uma de Lula: alegou que não sabia de nada!
Ele estava recebendo irregularmente R$3,8 mil por mês de auxílio-moradia, desde 2008.
“Eu nunca pedi auxílio-moradia e por um equívoco, a partir de 2008, segundo me informaram, realmente estavam depositando o dinheiro na minha conta”.
Além de tudo o que já aprontou, o presidente do Senado deve ser muito desorganizado. Pois no ano passado ele recebeu mais de R$45 mil na sua conta e não percebeu? Ou será que ele pensou que esse dinheiro veio da venda do seu livro, aquele que o Millor Fernandes rotulou de "só um gênio conseguiria fazer um livro errado da primeira à última frase"?

(Veja mais críticas sobre o bigodudo clicando “fevereiro 2009“ ao lado e leia a matéria “Sarney, por quem entende” com um artigo de Minás Kuyumjian Neto)
Imagem de claudiomedeiros.wordpress.com

30.5.09

Comercial criativo da Coca-Cola


video


Este comercial é de 2007.

Cotas, discriminação e 3º mandato


Não bastassem as discussões sobre cotas para inclusão das minorias nas universidades brasileiras, o que vem acarretando acirrados debates sobre discriminação racial e social, surge agora mais uma vertente que pode ser incluída na mesma panela.

Pois um deputado do Sergipe, de nome Jackson Barreto, (você alguma vez já ouviu falar nesse cara?) entrou com uma proposta de emenda constitucional para permitir um 3º mandato ao Lula, agindo, segundo ele, “em nome do Nordeste”.

Na última eleição há dois anos, notou-se claramente uma divisão pró e contra Lula. Ele recebeu maior votação no Nordeste, onde a distribuição das tais bolsas isso e bolsas aquilo é farta, sem controle e eleitoreira, enquanto que no Sudeste e no Sul a oposição foi mais votada.

Eu já considero essa proposta do tal deputado discriminatória.

Vamos repensar na divisão do Brasil em duas partes. O Nordeste do tal deputado fica com o terceiro mandato do Lula e o Sul e Sudeste tratam de eleger um novo presidente, respeitando a constituição.

Ao mesmo tempo também deverão ser mantidas nas duas novas divisões do país os respectivos impostos e PIBs. Assim, teremos finalmente a chance de criar um Brasil tipo Suíça no Sul e Sudeste enquanto Lula continuará distribuindo as tais bolsas-esmolas com a arrecadação proporcionada pelo Norte e Nordeste. Se é que lá existe arrecadação suficiente para tanto.

Isso seria considerado discriminação ou justiça?

26.5.09

Al Qaeda no Brasil


O deputado Raul Jungmann (PPS-PE), disse temer que o Brasil se transforme numa espécie de "país hospedeiro" de organizações terroristas uma vez que não há legislação específica para enfrentar o problema.
"Estamos com uma diplomacia agressiva de aproximação com o mundo árabe. A contrapartida é o país se tornar hospedeiro de organizações terroristas. Eu sei que, antes dele ser preso, ele havia sido seguido aqui. Temos uma ausência clara de comando na questão terrorista", afirmou o parlamentar.
Ele se referiu à prisão de um terrorista da alta hierarquia da organização Al Qaeda, que foi preso no Brasil há cerca de dois meses, segundo o Ministério da Justiça e pouco tempo depois simplesmente liberado.

Música, maestro!

video

Você se lembra das buzinas dos velhos fordecos? Aqui o maestro achou um novo aproveitamento. O mais difícil deve ter sido achar as buzinas.

25.5.09

Recado da Coreia do Norte

"De acordo com a demanda dos nossos cientistas e técnicos, a nossa república realizou com sucesso um teste nuclear subterrâneo em 25 de maio como parte das medidas para reforçar sua potência nuclear em autodefesa. O teste foi realizado em um novo nível, mais elevado em termos de força explosiva e de tecnologia de controle”, afirmou hoje mesmo o governo da Coreia do Norte segundo a KCNA, agência oficial do país.

Pense a respeito. Essa recado é mais uma provocação do presidente norte-coreano que pode mudar o já debilitado equilíbrio do mundo e virar o novo foco de uma guerra, seja ela fria ou quente. Quem não gostou nadinha desse lançamento foram os vizinhos japoneses.

21.5.09

Melhor viajar de navio

video

A viagem começa num avião, mas este comercial de uma empresa de cruzeiros marítimos mostra como se pode tratar bem os passageiros.

Museu da Corrupção

Esse site você não pode deixar de ver.
Foi montado pelo Jornal Diário do Comércio de São Paulo e contém milhares de dados, fotos e referências da corrupção brasileira.
Vá clicando nas diversas portas que aparecem e depois clique nos assuntos do seu interesse.
Note que a corrupção brasileira é inesgotável. Para visitar todo o museu, reserve meio-período do seu dia.
De quebra, você ainda pode escolher uma lembrancinha na loja do Museu.
Esse foi o maior trabalho sobre levantamento da corrupção brasileira que eu já conheci.
http://www.dcomercio.com.br/especiais/2009/museu/index.htm

19.5.09

Nascimento de um japonês

video

Divertido comercial da Fuji.

17.5.09

Cruzando uma fronteira "muito" vigiada

video

Filas de idosos só pró forma

Hipocrisia. É assim que a gente pode chamar o atendimento nas filas especiais de idosos, gestantes e deficientes em algumas instituições.

A lei obriga aos bancos, correios, supermercados, órgãos públicos e outros a manterem guichês e caixas para que esse público seja bem atendido.

Tive o azar de fazer compras neste último sábado (16) à tarde no Carrefour de Londrina. O supermercado estava repleto e havia um único caixa para o atendimento especial. Os responsáveis haviam sumido, não foi possível encontrar alguma pessoa de hierarquia superior para se reclamar.

Se o Carrefour entendesse de bom atendimento ao consumidor, imediatamente abriria mais um, dois ou até mais caixas para aliviar esse público especial. Mas, hipocritamente, o supermercado segue estritamente a lei, isto é, cumpre o que a lei determina e mantém um único caixa especial em funcionamento. Tanto faz se a fila está com três ou vinte pessoas.

Como se trata de um grupo internacional, me parece que eles não dão a mínima para seu público. Se a loja der prejuízo, paciência. Muda-se a gerência e toca-se o barco. No frigir dos ovos, algumas outras lojas compensam o prejuízo.

E outra coisa: o cartazete do caixa especial informava que se destinava a “idosos acima de 65 anos”. Pelo que me consta, a lei é clara: idosos somos todos nós que passamos dos 60 anos.

Parece que para os grandes grupos, vale tudo. Em contrapartida, o pequeno lojista é fiscalizado, tem de pagar multa porque a altura dos azulejos está fora do padrão, porque o espaço não é adequado, porque a guia da prefeitura não está exposta, porque o refeitório dos funcionários não cumpre as exigências, porque o banheiro estava sem papel para enxugar as mãos, porque a mercadoria estava mal armazenada...

16.5.09

Para alegrar o seu dia

video

No final, todos os parlamentos/congressos são exatamente iguais. Na Espanha, no Brasil, ou em qualquer outro lugar do mundo. Divirta-se!

15.5.09

Cadê meus cobertores?


A Climatempo (previsão no quadrinho azul ao lado) vai me obrigar a tirar os cobertores lá do alto do armário. A previsão da mínima aqui em Londrina para amanhã é de 5 graus. E como venta muito por estas bandas onde moro, os entendidos dirão que a sensação térmica será de uns 2 graus.
Quem diria. Nesta semana a temperatura, em pleno maio, chegou a 30 graus. Essa mudança brusca virá acompanhada de resfriados, gripes, pneumonias, internamentos e filas nos hospitais.
Cadê meu cobertor?

Cão, gato e visitantes indesejáveis

video

Um comercial diferente, que exigiu muito treinamento dos animais. Os experts em publicidade dizem que crianças e bichos chamam muito mais a atenção dos telespectadores. Desse, você não vai tirar os olhos.

14.5.09

Jogging, alongamento e...

video

Esse é o tipo de comercial tão divertido que você nem lembra o nome do anunciante. Deve ter uns 10 anos ou mais. Muito criativo.

“Sabe com quem está falando?”


Um professor da Universidade Federal do Amazonas, coordenador do curso de comunicação social, foi agredido dentro da universidade pelo irmão do vice-governador, Omar Aziz. A razão: o professor deu aos seus alunos um exemplo de reportagem que recebe interferência política para não ser divulgada na imprensa local, como foi o caso da investigação da CPI da Prostituição Infantil, na qual Aziz foi citado e, depois, inocentado, em 2004.

Uma garota de 17 anos, Samara Abdel Aziz, sobrinha de Omar Aziz, aluna do 1º período de jornalismo, revoltada após ouvir a citação do nome do tio, saiu e voltou, vinte minutos depois, acompanhada do pai Mansur Aziz e do tio, Amin Aziz, irmãos do vice-governador.

O tio Amin partiu para a agressão.”Eu caí, tentei me defender, ele me deu uns socos e chutes e fez um gesto como se estivesse atirando com um revólver na minha direção", contou o professor agredido.

Agora, o pior: a sobrinha da “otoridade” chegou a escrever em sua página do Orkut, na internet, que "respeito é bom e mantém os dentes no lugar”. No dia seguinte a mensagem foi retirada da página.

Isso me lembra da loirinha cafona de Canapi, ex-primeira dama brasileira. Pois em Canapi a família dela, Malta, dominava a cidade através da violência. Dizia-se que lá “quem não é Malta, morre”.

O coronelismo ainda não terminou no Brasil!

13.5.09

Capa de jornal criativa

Não parece, mas é parte da capa do Correio Braziliense de hoje. Ficou bonita a combinação do jogo de tipagens no título misturando-se com a ilustração solta, colorida e alegre e o grafismo obtido no bloco de texto. É bom ver criativos em ação nos jornais, produzindo capas diferenciadas.

Comercial de banco da Turquia

video

Veja só que linda e inteligente produção do AK Bank da Turquia. Você pensava que na Turquia não existe publicidade?

12.5.09

Strip-tease surpreendente


video


Preste bem atenção no final.

Bahr-baridades agradece

Tenho recebido vários e-mails e comentários no blog de amigos, conhecidos e desconhecidos, aos quais quero agradecer publicamente pelo apoio.

À Dra. Rosa Maria Mazzuco, médica de Joinville, SC, com a qual travei longas discussões e diálogos interessantes, cujo blog é “Távola Lúdica” (link à direita). No momento a Dra. Rosa Maria passa por tratamento médico e desejo-lhe rápida recuperação.

À Dani e Rafa, há vários anos residindo e trabalhando no Canadá, amigos do meu filho e que têm dado muito apoio a este blog. Para saber mais do Canadá, entre no site deles “A Marcha dos Pinguins”, link à direita.

Ao André Arruda Plácido, aqui de Londrina, jornalista, fotógrafo, bam-bam-bam em teologia, que só fala bem de mim - e exageradamente. O blog com o nome dele também está à disposição, link à direita.

À Maria Rita Corain, jovem estudante de comunicações em São Paulo, que se tornou uma fiel seguidora deste blog e tem enviado vários e-mails. http://mariaritacorain.blogspot.com/

À Alcinéa Cavalcanti, de Amapá, corajosa jornalista que denuncia, enfrenta e combate as tramoias e trapaças dos políticos da região e que tem incentivado as matérias de cunho político que publico. Para acessar o blog de Alcinéia também há um link à direita.

Ao meu sobrinho Jorge Dorfman Knijnik, professor de educação física, de Embu das Artes, SP, que acaba de ganhar merecidamente o prêmio “Construindo a Igualdade de Gênero”, do CNPq devendo recebê-lo das mãos do Presidente em breve. Jorge tem apoiado e comentado várias matérias do blog.

E a todos os comentaristas subscritados ou anônimos, que têm valorizado este blog com seus comentários favoráveis ou suas críticas, também o meu muito obrigado.

JEB

10.5.09

Manchete óbvia

Claudia Leitte está feliz
com recuperação do filho
-
Deu no G1 da Globo, hoje 10 de maio.
E poderia ser diferente?
Ou a cantora ficaria infeliz com a melhora
da saúde do seu filho?

9.5.09

Malentendido caro

video

O paquerador da Ferrari entendeu errado a admiração da bela dama.

8.5.09

Opinião: "Por um triz"

ALI KAMEL, O GLOBO, terça, 05.mai.09

A diplomacia brasileira escapou de escrever amanhã (seria dia 06 de maio) uma página que seria vergonhosa para a sua história. Quando o presidente Luiz Inácio Lula da Silva estivesse apertando a mão do presidente do Irã, Mahmoud Ahmadinejad, estaria emprestando a sua honradez a um regime manchado de sangue: uma teocracia sanguinária que mantém o seu próprio povo sob controle atroz, proibindo o dissenso político, perseguindo mulheres, liderando as estatísticas de condenação à morte de menores, enforcando homossexuais, impondo regras a partir de uma interpretação radical e anacrônica do Alcorão, o livro sagrado dos muçulmanos. Nenhum pragmatismo econômico justificaria acolher um líder de um regime assim. Não haveria relativismo cultural capaz de explicar a condescendência do governo brasileiro, caso a visita não tivesse sido cancelada pelo Irã: a democracia e o respeito aos direitos humanos são valores universais e absolutos, e, portanto, sua defesa deve nortear sempre a nossa política externa. O princípio de que devemos respeitar o modelo de vida que cada povo escolhe para si só se aplica aos povos que podem escolher democraticamente o seu modelo de vida. Isso não existe no Irã, onde tudo é determinado, não pelo Alcorão, mas pela interpretação ensandecida que um grupo de clérigos faz dele. Só isso já bastaria para que o Brasil considerasse indesejável a visita de Ahmadinejad, o que, aparentemente, não aconteceu, já que foi o iraniano que não quis vir. Mas há mais: aceitar em nosso país o chefe de governo de um país que nega o Holocausto, defende a extinção de Israel e é acusado de financiar grupos terroristas com este fim seria um tapa na cara não somente da comunidade judaica brasileira, mas de todos os democratas brasileiros, judeus, cristãos, muçulmanos, adeptos de outras religiões ou ateus. Um erro, que não traria benefícios nem ao Brasil nem ao mundo.

Alguns defendem a esdrúxula ideia de que isolar o Irã não resolve: a atitude correta seria incluí-lo na comunidade internacional, para que, assim, o país abandone as práticas que o mundo democrático condena. Que sentido faz isso? O mundo não deve aceitar o Irã para que ele abandone as suas práticas condenáveis; é o Irã que deve abandonar as suas práticas condenáveis para ser aceito pela comunidade internacional. A História nos dá essa lição. Para apaziguar Hitler, Reino Unido e França aceitaram em 1938 ceder à Alemanha os sudetos, territórios tchecos povoados por pessoas cuja língua era o alemão, na esperança de que, assim, não haveria guerra. E o que se viu é que nada deteve Hitler, que, poucos meses depois, invadiu a Polônia, dando início à Segunda Guerra Mundial e provocando a morte de milhões de inocentes, entre eles seis milhões de judeus europeus. Acolher Ahmadinejad na suposição de que ele mude o comportamento do seu país graças ao convívio civilizado com as nações tem a mesma lógica. Apenas dará um sinal ao Irã: o país pode seguir oprimindo o próprio povo e adotar uma retórica antissemita, pois nações democráticas, honradas e responsáveis, como o Brasil, dão de ombros para isso.

Ahmadinejad, no fundo, é apenas uma marionete nas mãos dos aiatolás iranianos, pois quem manda no país é Ali Khamenei, cujo cargo, vitalício, diz tudo: líder supremo. Ele é o comandante em chefe das Forças Armadas, controla os serviços secretos e de segurança, nomeia o chefe do Judiciário e é o único com poder de decretar guerra ou paz. É ele também quem diz quem pode e quem não pode concorrer a todos os cargos, em todas as eleições, e o que podem ou não podem fazer os eleitos. Não importa, porém, que a estatura de Ahmadinejad seja tão baixa: de todo modo, ele é a face do regime para o mundo. Apertar a sua mão seria fechar os olhos para os horrores que acontecem naquele país. Desde que tomou posse em 2005, o presidente iraniano levou a cabo uma radicalização desejada pelos aiatolás, e, sob o seu governo, a decretação da pena de morte, em processos judiciais opacos, teve um salto de 300%: foram 86 em 2005 e, em 2007, pularam para 317. Apenas em um só dia, 27/07/2008, 29 pessoas foram mortas, mas o governo só liberou informações sobre 10. O Irã lidera as execuções de menores (a pena é executada somente quando o menor completa 18 anos, o que não é atenuante): em 2005, 16 jovens foram mortos, enquanto 130 aguardavam no corredor da morte. Ano passado, chegou-se a divulgar que a pena capital não poderia mais ser imposta a menores, mas a informação não se confirmou, pois quando o crime é homicídio a pena de morte continua válida. Embora oficialmente o apedrejamento de mulheres esteja suspenso desde 2002, entidades ligadas aos direitos humanos garantem que as mortes continuam, clandestinamente. Os homossexuais sofrem opressão horrenda e também são mortos impiedosamente.

Recentemente, a diplomacia brasileira constrangeu o presidente Lula ao não evitar que, no banquete oficial da reunião da Cúpula Árabe, ele fosse colocado ao lado do ditador do Sudão, acusado de genocídio pela Corte Criminal de Haia. Ao ver o que o esperava, Lula deu uma desculpa qualquer e simplesmente não almoçou. Desta vez, seríamos nós os constrangidos. E, infelizmente, aos olhos do mundo, não teríamos condições de adotar o mesmo expediente de Lula. Amanhã, seria um dia de vergonha para todos nós. Tomara que ele tenha sido evitado definitivamente.

ALI KAMEL é jornalista

Tecnologia, mecânica, criatividade e... música

video

Nota mil aos criadores desta apresentação espetacular. Veja, escute e tire suas conclusões. Comentários serão muito bem vindos.

7.5.09

Música clássica em órgão gigante

video

Veja só quanto ensaio e treinamento para conseguirem tocar esta música clássica a dois no órgão gigante. Além de música, eles tiveram de aprender dança de academia. Sensacional!

Nova carreira


6.5.09

Ooooppppsssss! Ligeiro engano

video

Comercial oferecendo testes de visão grátis para aposentados.

4.5.09

Revendo aquele seu amor antigo

video

A linda imagem daquele primeiro amor. Ela não sai da nossa cabeça. Chega um momento em que ansiamos por ir atrás. O personagem dessa história foi.

3.5.09

Notas Paulistanas 2



Museu do Futebol: eis um lugar para se visitar – mesmo quem não gosta de futebol. É outra realização de Primeiro Mundo. Homens, mulheres e crianças ficam extasiados com as mostras em vários espaços interligados, a maioria interativa, e que ocupam uma grande área aproveitada sob as arquibancadas do Pacaembu.
Uma moderna montagem de vídeos, com gols de vários craques, locuções por vários nomes consagrados, fotos e mais fotos de jogadores, gols e histórias das Copas do Mundo, explicações sobre a nomenclatura futebolística, fotos antigas, bandeiras e hinos de todos os clubes. De quebra. há também um terraço que dá para o interior do estádio.













Congestionamentos diurnos rumo ao Centro e noturnos na volta do trabalho na Av. Ibirapuera.







Pichação de um imóvel na Av. Santo Amaro. Há milhares de pichações por todos os cantos da cidade.

Liza Minelli brasileira

video

E um viva para os nossos deputados e senadores! Viva!