3.2.09

Renovação política

Quanta felicidade!
Finalmente, nosso Congresso conseguiu a tão apregoada renovação política pela qual nós todos, brasileiros, ansiávamos.
José Sarney, o bigodudo, acadêmico da ABL e que “jamais exerceu nenhum cargo político”, é o novo presidente do Senado.
Michel Temer, novo presidente da Câmara, também é uma figura “absolutamente nova na política”.
Se alguém imaginava que poderiam ocorrer mudanças políticas no Congresso, pode tirar o cavalinho da chuva. Se alguém estava esperando de pé, melhor sentar.
Não entendo. Como é que um cara escorraçado do Maranhão e da Paraíba, responsável direto pelo atraso da sua terra, possui tanto poder.
Não é possível que os tantos congressistas inteligentes, lúcidos, com QI ao menos razoável, se submetam a uma figura tão atrasada, retrógrada, partícipe da ditadura e envolvida na caça às bruxas de jornalistas e blogueiros no Nordeste e de todos que falam as verdades verdadeiras a seu respeito.
Quem me explica?

Nenhum comentário:

Postar um comentário