8.1.09

Escola de Propaganda de São Paulo


Tenho grande orgulho por ser formado pela 7ª turma da antiga Escola de Propaganda de São Paulo, no ano de 1958, que foi o embrião da atual ESPM (Escola Superior de Propaganda e Marketing de São Paulo).
Na época, a Escola estava instalada em um conjunto do edifício dos Diários Associados, na Rua Sete de Abril, cedido por Assis Chateubriand, presidente do império de comunicações que ele criara.
A Escola nasceu nas mãos dos principais publicitários da época, liderados por Rodolfo Lima Martensen, em 27 de outubro de 1951. Foi a primeira escola de propaganda da América do Sul e a finalidade era formar profissionais de uma nova geração para trabalhar nas agências de propaganda da época, quando pouca gente ainda se interessava pela atividade – por puro desconhecimento.
Tivemos aulas com o próprio Lima Martensen, Geraldo Wilda, Francisco Gracioso, Edmur de Castro Cotti, Geraldo Santos, Otto Scherb, Antônio Sodré Cardoso, Antonio A. Nogueira, Saulo Guimarães, José Kfuri e Alfredo Carmo, entre outros. Todos eles figurões de proa da propaganda, naquela época.
O site da Editora Referência

http://www.netpropaganda.com.br/materia/?id=677
traz algumas informações da antiga Escola de Propaganda, com fotos em preto-e-branco.
Foi a Escola de Propaganda que abriu caminho para a 2ª geração de publicitários no Brasil, projetando novos profissionais criativos e com sólida base de conhecimentos na área.

Foto mostra Assis Chateaubriand, de terno branco, em um evento na época,
ligado à Escola de Propaganda. Foto netpropaganda.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário