31.12.09

Século XXI: transporte computadorizado

É o próprio Circo de Soleil caboclo!

29.12.09

Sobre início e final das décadas

(Com referências de pesquisas. Confira você também)

Muitos se equivocam em relação a começo e final das décadas.
Fui dar uma boa pesquisada e descobri que até a Wikipedia está com a informação errada. Então vamos esclarecer.
O número 1 é o primeiro número válido. O zero não vale nada sozinho, precisa sempre de um algarismo que o preceda.
Não existe ano zero. O 1 começa tudo. Uma dezena ou década se inicia no 1.
O número 10 fecha a primeira década ou dezena. Portanto, 20 é o número que fecha a segunda dezena (que vai do 11 ao 20).
O primeiro algarismo indica que está fechando a dezena a qual ele corresponde (por exemplo: (90 fecha a 9ª década). E o segundo algarismo é que vale para indicar o ano, por exemplo: 91, que seria o início de outra década.
Foi por isso que inseri a matéria abaixo. Como o pessoal do Manhattan Connection é muito culto, surpreendeu-me a gafe cometida em relação ao "Balanço da Década".

28.12.09

Manhattan Connection comete gafe

Do programa "Manhattan Connection" exibido neste domingo, que abordou o "Balanço da Década", restou uma dúvida: ou eu aprendi tudo errado na escola, ou houve um engano da produção.
2000 foi o início do novo milênio.
2001 foi o início do novo século.
2001 também foi o início da nova década - que deve terminar no dia 31 de dezembro de 2010.
Blinder, Mainardi & Cia. apresentaram o "Balanço da Década", como se 2009 fosse o último ano desta em que vivemos - e ainda se deram ao luxo de fazer previsões para a nova década, considerando seu início em 2010...
Ora, pois!

23.12.09

Seção Londrina

O prefeito de Londrina, Homero Barbosa Neto, tentou, tentou, tentou... mas não conseguiu fazer com que a Câmara dos Vereadores aprovasse um aumento que chegaria a até 300% em algumas regiões da cidade. O artigo trata deste assunto.



IPTU, aritmética e falta de criatividade


O prefeito Barbosa Neto foi derrotado na sua insistência em aumentar o valor do IPTU e, por conseguinte, as despesas dos londrinenses.
Tudo indica que o prefeito está cometendo dois enganos: o primeiro deles, um simples erro de aritmética, quando cita a projeção do valor do IPTU a ser arrecadado na cidade.
Ele se esquece de que houve um ‘boom’ na construção civil de Londrina, principalmente nestes dois últimos anos. O que significa que muitos e muitos imóveis novos, tanto residenciais quanto comerciais, vieram se somar aos até então existentes, o que fará aumentar sobremaneira a arrecadação do IPTU. A própria Gleba Palhano, principal geradora das discussões na Câmara dos Vereadores, praticamente nem existia há dois anos.
Quem circula de automóvel pelo entorno da cidade, fica surpreso com a quantidade de novos condomínios horizontais construídos em Londrina.
Além disso, existe a correção anual dos valores, acompanhando os índices oficiais da inflação.
O segundo engano é na área administrativa. O prefeito, assim como fazem centenas de outros gestores públicos, não usa de um mínimo de criatividade para buscar novas fontes de arrecadação.
Qualquer cidadão mais lúcido é capaz de vislumbrar outras infinitas possibilidades de obtenção de recursos para a cidade, além do famigerado IPTU: por exemplo, a criação de um novo Distrito Industrial e de incentivos fiscais para que mais indústrias se instalem na região; melhor aproveitamento turístico, estabelecendo parcerias com os organizadores dos inúmeros eventos privados (seminários, congressos, exposições) que já ocorrem na cidade, nos quais a Prefeitura e a Secretaria do Turismo simplesmente se omitem; idealização e promoção de grandes feiras de negócios a exemplo do que realizam as cidades maiores; concursos de vitrinismo, de decoração, de restauração de fachadas, que sempre atraem visitantes de outras regiões; promoção de grandes espetáculos de nível internacional, incluindo Londrina no roteiro cultural de Primeiro Mundo. E por aí segue...
Ah! Esqueci! A Prefeitura está ocupada em tapar buracos nas ruas mal pavimentadas, trocar diariamente a terra de lugar sob o novo viaduto da Rodovia Celso Garcia Cid - que nunca fica pronto - e fiscalizar, desde outubro, a retirada de toras do Lago Igapó II.


JEB

22.12.09

Como éramos antes da cerveja

As boas coisas só acontecem para quem tem a paciência de esperar. Ótimo slogan para ótimo comercial de cerveja.

21.12.09

1ª. Conferência Nacional de Comunicação

Terminou em 17 de dezembro a Confecom, a Conferência Nacional de Comunicação, que reuniu esquerdistas das mais variadas tonalidades, organizada pelo governo do PT.

Comentários, Lado A

Algumas das propostas aprovadas:


- Divisão do espectro radioelétrico obedecendo a proporção de 40% para o sistema público, 40% para o sistema privado e 20% para o sistema estatal.

- Criação do Conselho Nacional de Comunicação, bem como dos conselhos estaduais, distrital e municipais, que funcionem com instâncias de formulação, deliberação e monitoramento de políticas de comunicações no país. Conselhos serão formados com garantia de ampla participação de todos os setores.

- Instalação de ouvidorias e serviços de atendimento ao cidadão por todos os concessionários.

- Incentivo à criação e manutenção de observatórios de mídia dentro das universidades públicas.

- Garantia de neutralidade das redes.

- Estabelecimento de um marco civil da internet.

- Isenção das rádios comunitárias de pagamento de direitos autorais.

- Estabelecer mecanismos de gestão da EBC que contem com uma participação maior da sociedade.

- Limite para a participação das empresas no mercado publicitário: uma empresa só poderá ter até 50% das verbas de publicidade privada e pública.

- Garantir emissoras públicas que estão na TV por assinatura em canais abertos.

- Fim dos pacotes fechados na TV por assinatura.

- Criação de Observatório de Mídia da Igualdade Racial.

- Na renovação das concessões, considerar as questões raciais.

Comentários, Lado B

(Segundo Reinaldo Azevedo, da Revista Veja):

- Tratou-se de um verdadeiro show de horrores, conforme o esperado. As propostas aprovadas, que serão tornadas projetos de lei, buscam instituir a ditadura de esquerda na “mídia”. Vale dizer: eles (petistas) ainda não estão contentes: exigem mais submissão.

- As propostas aprovadas submeteriam o jornalismo a um verdadeiro tribunal partidário.

- Querem criar uma estrovenga que atenderia pelo nome de Observatório Nacional de Mídia e Direitos Humanos. Seu trabalho seria monitorar a “mídia”, com ênfase nas questões ligadas a racismo, diversidade sexual, deficientes, crianças, adolescentes, idosos, movimentos sociais, comunidades indígenas e quilombolas.

- A Federação Nacional dos Jornalistas, um aparelho do PT coalhado de gente que nunca pisou numa redação, conseguiu aprovar por consenso a criação do Conselho Nacional de Jornalismo, que fiscalizaria os jornalistas pra evitar — e punir, claro! — os desvios éticos.

- Seria também criado um Código de Ética — por quem? Certamente pelos aparelhos da CUT e do PT — que orientaria as punições. Esse código, naturalmente, seria orientado pelo respeito àquilo que as esquerdas consideram a “diversidade”.

- Foi aprovada também uma proposta para a criação de “mecanismos” que servirão para garantir a “participação popular no controle da mídia”. Sim, leitor, eles querem que a vida financeira das empresas de comunicação esteja submetida a seu controle, bem como o conteúdo da programação. Seria, assim, um “soviete da mídia”.

Nosso comentário:


É assustador o bastante para você e para a democracia?

20.12.09

Esse merece 100 anos de prisão

O ladrãozinho roubou um carro e fabricou uma "praca cronada". Tão burro que errou no português e gravou "Frorianopolis". 100 anos de cana pra ele!

18.12.09

Procura-se voluntário para test-drive

A propósito de Copenhage

My Home


A Terra chora:
enormes lágrimas escorrem por suas faces
arredondadas e calombosas.
E depositam-se sobre as planícies
formando enormes enchentes.
A Terra chora de dor.
Está muito machucada,
e a febre aumenta
Cada vez mais.

Como um enorme cão
Super habitado por bilhões de pulgas
A Terra sente-se chupada,
Esbagaçada, picotada

...Sem ar: a Terra sufoca
na estufa dos gases das pulgas.
Pede ajuda ao irmão Sol
e este vai assando lentamente
todo mundo!

Coitadinhas das pulgas!
É sempre preciso nascer mais pulgas!
"Crescei e multiplicai-vos,
oh pulgas vampirosas!

"Mas a Terra também é filha de Deus!
As árvores também são filhas de Deus!
As águas também são filhas de Deus!
A vida é filha de Deus!

O verde espírito das árvores tombadas
espalha-se sobre a Terra.
Os vapores das águas esquentadas
erguem-se aos céus, e revoltados
assumem a forma de enormes mãos,
e desabam sobre a Terra
sob a forma de enormes bategadas:
vapt, vupt, plaft...

E as pulgas boiam,
os carros boiam,
há soterramentos e deslizamentos.
Montanhas se derretem,
moradias são inundadas,
pulgas-crianças nadam nas enxurradas
junto aos ratos.

As pulgas clamam:
" - Meu Deus por que nos castigas?"
E Deus responde:
" - Não me metam nessa... Vocês é que ultrapassaram os limites!"
" - Mas, e ‘o crescei e multiplicai-vos’, Senhor”?
" - Multiplicai-vos por quanto? Por que não por um? Muito bem, agora
eu explico: por um: POR UM”!

O capitalismo questiona:
" - Mas, se diminuírem as pulgas,
diminuem os compradores, diminuem as empresas...

As pulgas escolhem: ou
Morrem empregadas, ou
sobrevivem desempregadas.

Escolhem sobreviver: 2x1= 2!
E desoneram a Terra
De seu enorme peso!

Oh, brothers, vocês pensam que
a Terra sarou?
Oh, não tão cedo!

Demorou,demorou...
Muitos anos se passaram
Muitas pulgas desencarnaram...

VAMOS VER
VAMOS VIGIAR
VAMOS FICAR ATENTOS!
MUITO ATENTOS! ALL THE TIME! ALL THE TIME!


Maria Auxiliadora Franzoni
Profa. Dra. em Letras e Advogada
Membro do Elos Clube de Londrina

15.12.09

Covardias de terça-feira


Se você ainda duvida de que poucos atos são mais covardes do que atentados à bomba, pois são ataques-surpresa e não oferecem a mínima possibilidade de defesa às vítimas, veja o balanço desta terça-feira:
No Paquistão, aumentou para ao menos 18 o número de mortos na explosão de um carro-bomba que atingiu o mercado de Dera Ghazi Jan. A explosão destruiu várias lojas e há muitas pessoas presas sob os escombros. A agência de notícias Associated Press já fala em 22 mortos e cerca de 70 feridos.
Em Cabul, capital do Afeganistão, ao menos oito pessoas morreram e outras 40 ficaram feridas em um atentado a bomba em frente a um hotel frequentado por estrangeiros, informou o Ministério do Interior.
Quatro pessoas morreram e 14 ficaram feridas em três atentados com carros-bomba no centro de Bagdá, informou o ministério do Interior.
Apenas nestes três atentados somamos 30 mortos confirmados e 124 feridos.

Covardia tem limites?

14.12.09

Limitações intelectuais

O presidente do Palmeiras, Luiz Gonzaga Belluzzo, rebateu declarações de Mustafá Contursi, que dirigiu o clube de 1993 a 2004. "Não vejo utilidade em ficar discutindo com uma pessoa que tem evidentemente graves limitações intelectuais como o é o caso do ex-presidente Mustafá", declarou Beluzzo.
Limitações intelectuais nunca faltaram para dirigentes de clube, políticos e correlatos.
Ou será que alguém duvida das mentes limitadas de João Mendonça Falcão (ex-presidente da Federação Paulista de Futebol), Vicente Matheus (ex-presidente do Corinthians), Eduardo Viana (o Caixa d’Água, ex-presidente da Federação Carioca de Futebol), Artur da Costa e Silva (ex-presidente da República no tempo da ditadura), Severino Cavalcanti (ex-presidente do Congresso), entre outros?
A estultícia existe, sim. O que não se pode é confundi-la com esperteza, malandragem, e até sorte de alguns tantos aproveitadores.

Verdades dos nossos tempos

O horário político é o único momento
em que os ladrões ficam em
cadeia nacional

Barbeiragens explícitas

Você, que pretende visitar a Russia em breve, trate de evitar esse túnel. As autoridades ainda não sabem explicar se estes acidentes são por problemas de visão, falta de aptidões ao volante ou excesso de vodca.

11.12.09

Nossa democracia está indo para o brejo

O Supremo Tribunal Federal, arquivou ontem, dia 10, por 6 votos a 3, a reclamação em que os advogados do Estado pediam o fim da proibição ao jornal de publicar reportagens sobre a Operação Boi Barrica, que investigou o empresário Fernando Sarney, filho do presidente do Senado, José Sarney.
Assim fica mantida a censura imposta no fim de julho pelo desembargador Dácio Vieira, do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios.
Pelo visto, o Supremo Tribunal Federal acabou de rasgar nossa constituição no que se refere à Liberdade de Imprensa - que assegura o desenvolvimento da vida democrática. Pois foi uma decisão do próprio Supremo que derrubou a Lei de Imprensa, criada na época da ditadura.

A Operação Boi Barrica revela uma série enorme de irregularidades cometidas pelo clã Sarney - os nordestinos donos do Brasil.

Do meu amigo pescador de moluscos

"Se eu não votei no cara,
por que votaria na coroa?"

10.12.09

Quem te viu e quem te vê

Esse cara foi eleito presidente com o apoio dos aposentados. Enganou-os durante todos estes anos e continua a enganá-los hoje. Pois até o seu 'cumpanhero' de partido, senador Paim, não consegue fazer o governo aprovar um projeto que corrige as aposentadorias. Triste constatação: aposentado no Brasil não consegue nem viajar de ônibus interestadual.

Eu só queria compreender


Terminou em confronto a manifestação organizada contra a permanência no cargo do governador José Roberto Arruda (DEM), suspeito de envolvimento em um suposto esquema de corrupção. Vários manifestantes foram presos e alguns foram feridos. A Polícia Militar usou bombas de efeito moral, gás lacrimogêneo e gás de pimenta para dispersar os mais de 2.000 manifestantes que protestavam em frente ao Palácio do Buriti, sede do Governo do Distrito Federal e do Tribunal de Justiça do Distrito Federal. A PM partiu para o enfrentamento depois que parte do grupo tentou interditar as duas pistas de acesso aos prédios públicos. Os manifestantes insistiram em ocupar as faixas de trânsito e a cavalaria da PM entrou em ação usando cassetetes. Pelo menos, 400 homens da PM participaram da operação.
Agora, o outro lado: a cada vez que o MST (Movimento dos Sem Terra) invade uma propriedade – geralmente produtiva – e promove estragos, vandalismo e destruição, a polícia fica apenas assistindo, não age e permite que esses grupos, liderados por agitadores profissionais, permaneçam no local até chegar uma demorada ordem judicial de reintegração de posse.
Alguém me explica?
Foto: Fernando Bizerra Jr/Efe

8.12.09

Enfrentando a máquina do governo PT

Mesmo com os zilhões gastos pelo governo do PT para tentarem alavancar a sargenta Dilma à corrida presidencial, Serra cresceu nas pesquisas.
Eis os números CNI/Ibope de dezembro:
Serra - 38%
Dilma - 17%
Ciro Gomes - 13%
Marina Silva - 6%
O governador Serra, cuja campanha ainda nem foi iniciada, fez aumentar a diferença sobre a sargenta Dilma, que na última pesquisa era de 20 pontos percentuais.

Em dezembro, ela é de 21 pontos.
Poucos veículos de comunicação estão divulgando estes dados (para não perderem as verbas de publicidade do governo).

4.12.09

Breve roteiro de filme

Mexicano é capturado à força por vários homens quando descarrega um caminhão na Cidade do México e em seguida jogado em uma caminhonete.
Quando as portas da caminhonete são abertas, ele se vê com mais 106 pessoas presas em uma clínica de reabilitação de alcoólatras e dependentes químicos, em sua maioria indígenas. Todos eles forçados a jornadas de trabalho de 16 horas diárias, vivendo em condições subumanas, insalubres, amontoados e em condições extremas de maus-tratos e exploração sexual.
O trabalho começa às 8h e termina à meia-noite, dispondo apenas de meia hora por dia para comer.
Lá, são obrigados a trabalhar na fabricação de bolsas para shoppings e acessórios para roupas. Dormem no chão ou em beliches, e quando são vistos conversando, recebem castigos com até três dias sem alimentos e banho.
O local somente é descoberto após denúncia feita por uma vítima resgatada por sua família
O local funciona há cerca de oito anos.
Os lucros são repartidos entre os membros de uma organização criminosa que comanda o centro.
Vários dos resgatados são enviados a hospitais com evidentes graus de desnutrição e desidratação, infecções cutâneas e fraturas, entre outros problemas físicos.
Não, não se trata de ficção.
O fato aconteceu de verdade na região de Iztapalapa, México, e a polícia libertou estes escravos neste dia 3 de dezembro.
23 membros da quadrilha acusada de tráfico de pessoas são presos.
E o pior: algumas das pessoas libertadas disseram que seus próprios familiares os colocaram no centro de reabilitação. Mesmo informados por funcionários de que o tempo máximo de permanência era de três meses, largaram seus parentes no local por mais de seis meses.
Foto ilustrativa: revelacaoonline.uniube.br

Loucos por desafios

Mais um cara maluco no limite. Desta vez é um tal de Robie Madison quebrando um recorde. Ele consegue fazer a sua moto voar para cima de um edifício e em seguida se joga de volta. Para tranquilidade da esposa, desta vez deu tudo certo. E você, quer experimentar?

3.12.09

Londrina quer regulamentar “segurança” mafiosa

Lembrando a Máfia americana do século passado, um vereador de Londrina apresentou projeto de lei pretendendo regulamentar a atividade dos “flanelinhas” – aqueles guardadores de carro absolutamente dispensáveis, inúteis e achacadores que proliferam pelas ruas da cidade.
Em geral, todos eles são fortes e poderiam trabalhar em alguma atividade útil, porém acham mais fácil achacar e ameaçar os motoristas que procuram vagas para estacionar nas ruas, principalmente à noite.
Vários deles cobram valores fixos e adiantados, sob ameaça da possibilidade de “ocorrerem” danos ao seu veículo. Quando você retorna, eles já desapareceram.
Os motoristas, principalmente as mulheres, se sentem obrigadas a pagar a tal “segurança”, com medo de ser atacadas ou assaltadas pelos próprios.
Esse projeto é a própria regulamentação da atividade criminosa!

2.12.09

Sapatada com sapatada se paga

O jornalista iraquiano Muntazer al-Zaidi que se tornou famoso por arremessar um sapato em George Bush, tomou o troco. Ele dava uma entrevista em Paris quando escapou por pouco de ser atingido. Foi outro jornalista iraquiano que arremessou um sapato, dizendo-se a favor da ocupação norte-americana no Iraque.
Ah! Essas briguinhas com sapatos... No Brasil seriam porradas, cassetetes da polícia, balas de borracha e gás lacrimogêneo.

1.12.09

O escritório do chefe... e o seu

Comercial de empresa de recolocação para empregados (geralmente insatisfeitos com a chefia).

‘Radicalizar’ tem novo sinônimo

Ameaçado de expulsão do seu partido DEM após ter sido filmado recebendo pacotes de dinheiro de origem incerta e não sabida, o Governador do Distrito Federal, José Roberto Arruda, criou novo sinônimo para a palavra ‘radicalizar’: agora significa dedurar, abrir o bico, denunciar, revelar.
Não há novidades. Todos os políticos, com raras exceções, têm o rabo preso com alguma irregularidade – onde dinheiro ilícito é lugar comum.
Assim, ninguém é processado, ninguém perde o mandato, ninguém é preso. Nós, zé povinho, continuamos a pagar impostos escorchantes para manter essa cambada, digo, esses ilustres parlamentares no poder e o Brasil não perde sua "honrosa" condição de ser um dos países onde existe o mais alto índice de corrupção no mundo. Aleluia!

30.11.09

Capa criativa

Capa desenvolvida para livro contendo as melhores criações publicitárias da Europa. Veja a fusão de traços do código de barras com a zebra.

27.11.09

Norman Rockwell, o ilustrador

Pintor e ilustrador norte-americano, Norman Rockwell foi muito popular, tendo executado 321 capas da revista The Saturday Evening Post em mais de quatro décadas, além de ilustrações de cenas da vida estadunidense para anúncios, capturando as expressões das pessoas de maneira exata e caricaturada.
Seus desenhos e pinturas são famosos pela meticulosidade e exatidão de traços e cores. Em 1937 passou a fotografar e elaborar os desenhos a partir de fotografias, elaborando desenhos em preto e branco para depois estudar as possibilidades de cores e texturas. Todos os setores da vida norte-americana foram retratados por Rockwell. Durante a Segunda Guerra Mundial, ilustrou soldados, desta vez com expressões sérias. Sua obra "Four Freedom" ficou conhecida mundialmente.

No Brasil, Rockwell foi uma referência para nossa geração publicitária dos anos 60 e 70. Era raro não encontrar uma revista com algum desenho seu sobre a prancheta dos nossos ilustradores, a título de inspiração.

26.11.09

Responsabilidade ambiental

O que é responsabilidade ambiental para você?
O que é responsabilidade ambiental para as empresas?
Eis um tema que vem sendo bombardeado pela mídia internacional nestes últimos anos.
O que impressiona é que aqui em Londrina, há pelo menos uma construtora que certamente desconhece e despreza o que seja responsabilidade ambiental e vem há anos atormentando a vizinhança com os ruídos insuportáveis de uma serra elétrica, para obras que nem se localizam no endereço em questão.
Um especialista em segurança afirmou-me que esse tipo de ruído supera 130 decibéis – muito acima dos 80 ou 85 decibéis permitidos por lei. Esse alto número de decibéis pode prejudicar – e muito – a audição de uma pessoa.
Não adiantaram pedidos educados, e-mails, telefonemas nem processo movido na Prefeitura.
A serra vai serrando e sobra para nós, os vizinhos, nos lixarmos...
Os dirigentes da tal construtora comportam-se de modo ignóbil, como malandretes, encalamoucando e desencabelizando os cidadãos, pouco se importando com a responsabilidade ambiental, com a política da boa vizinhança e com a lei, oras a lei.
(Por razões legais, estou impedido de divulgar o nome da empresa, pois a denúncia nominal que constava deste blog foi censurada, sob ameaça de um processo judicial).

Mas quem mora em Londrina sabe perfeitamente qual é a construtora à qual me refiro.

Perguntar ofende?

Se o sal acaba com a lesma,
o pré-sal acaba com o molusco?

25.11.09

Atravesse na faixa

Essa criação paulistana foi feita apenas pelo prazer da própria criação e está exposta no site "desencannes". A idéia é muito boa e poderia ser aproveitada por vários municípios para educação no trânsito. Que tal? (Não esquecer os direitos autorais...)

24.11.09

O triste fim do molusco

Política tem dessas coisas.
Grandes visionários da história tiveram finais muito tristes.
César foi traído e apunhalado por Brutus.
Mussolini foi fuzilado e dependurado em praça pública.
Hitler, dizem, suicidou-se em seu bunker.
Ceaucescu e sua mulher foram executados.
Saddam foi enforcado após ‘julgamento’.
Outros tantos foram envenenados.
Dizem que o molusco da foto teve surtos psicóticos e enredou-se sozinho. Mesmo com a ajuda de vários ‘cumpanheros’ não conseguiu escapar da sua triste sina.
Alguns trabalhadores ainda se banquetearam com as sobras. Restos foram distribuídos para portadores de bolsas-qualquer-coisa.
Chavez, Morales, os irmãos Castro, Ahmadinejad e outros igualmente menos cotados estão se sentindo órfãos.
O mar voltou a ficar tranquilo.
Foto: lula gigante

Flagrante indiscreto

O "scootersreport.com" flagrou o tal do Ahmadinejad com o fanfarrão Chavez momentos antes de se encaminharem juntos para a sauna. O iraniano sempre se declarou muito machão e não tolera homossexuais. E agora, Pimpão?

23.11.09

Lata d’água na cabeça, ambulantes e o Código de Posturas de Londrina

Nas décadas de 1940 e 1950, os morros do Rio de Janeiro faziam parte do folclore carioca, com seu povo homenageado por compositores famosos e cantado alegremente em marchinhas de Carnaval. Hoje, a poética Maria que descia o morro com a lata d’água na cabeça, a Conceição que vivia no morro a sonhar e o Orfeu que se apaixonou perdidamente por Eurídice, já não existem mais. Foram substituídos pelo Comando Vermelho, pelos narcotraficantes, pelos meninos aviõezinhos que transportam drogas e pelos bandidos armados que enfrentam a polícia com pesado armamento antiaéreo.

Nas devidas proporções, Londrina sofre o mesmo efeito dos problemas que ocorrem no Rio de Janeiro. Leio diariamente nos jornais o desafio que os ambulantes e vendedores de produtos piratas impõem à Prefeitura, se recusando a deixar os espaços que ocupam ilegalmente, atrapalhando os pedestres, concorrendo deslealmente com os comerciantes que pagam impostos e alegando falta de opções de trabalho - apesar de existirem na cidade vários cursos, alguns deles gratuitos, para que estas pessoas se reciclem profissionalmente.

Simultaneamente trava-se uma batalha entre o prefeito Barbosa Neto e as empresas de publicidade exterior, que simplesmente ignoram a lei municipal e emporcalharam a cidade com milhares de outdoors, frontlights, painéis, e luminosos, sem critério e sem respeito aos londrinenses.

Na mesma contramão da história incluem-se ainda os poluidores sonoros, com seu som ligado às alturas em plenas madrugadas, os “sujismundos” que desovam entulho pelos terrenos e esquinas, e as construtoras, especialmente na Gleba Palhano, que vem sistematicamente assoreando o Lago Igapó II.

O que a população, o prefeito e a Câmara Municipal de Londrina aparentemente se esquecem é de que existe um Código de Posturas do Município, criado pela Lei Nº 4.607, de 17 de dezembro de 1990 – e em pleno vigor. Esse código foi justamente criado para administrar Londrina e contém “as medidas de Polícia Administrativa a cargo do Município, estatuindo as necessárias relações entre o poder Público local e as pessoas físicas ou jurídicas, liberando, fiscalizando, condicionando, restringindo ou impedindo a prática ou omissão de atos de particulares e no funcionamento de estabelecimentos comerciais, industriais, e de prestação de serviços, sempre no sentido de disciplinar e manter a ordem, a higiene, a moral, o sossego e a segurança, e dá outras providencias”, como consta logo no seu Artigo 1º.

Depreende-se então que a prefeitura está deixando de cumprir sua obrigação legal, seja por desconhecimento, seja por complacência, seja por razões político-eleitoreiras, seja por descaso, permitindo simplesmente que a ilegalidade, o desafio à autoridade constituída e o interesse de pequenos grupos destituídos do senso de valores se sobreponham ao bem-estar e aos direitos dos cidadãos.
JEB

Sapateado: tirando do baú

Bob Hope - que você provavelmente só conhecia como comediante - e James Cagney formam aqui uma dupla fantástica de sapateado, lembrança dos bons tempos do cinema americano.

21.11.09

Prefeitura de Londrina em baixa

Não por acaso, saiu uma pesquisa em Londrina sobre a aprovação da população em relação ao prefeito Barbosa Neto, após 200 dias de gestão. E o resultado só poderia mesmo ser o esperado: houve queda em todas as regiões da cidade. Cerca de 60% dos londrinenses ou desaprovam a gestão do prefeito ou não sabem dizer, restando apenas 40% de aprovação.
O que não é de estranhar: basta ver a notícia anterior sobre o atendimento dos ‘servidores públicos’ ao cidadão e se percebe que, mesmo que o prefeito seja bem intencionado, ele deve estar muito mal assessorado.
Como a população trata com a entidade Prefeitura e não com a figura pessoal do Prefeito, se o mal-atendimento for generalizado, o resultado só poderia ser mesmo negativo.

PT mostra sua cara

Será que ainda choca ao brasileiro saber que o ex-ministro José Dirceu e os deputados federais José Genoino e João Paulo Cunha estão voltando a disputar cargos de direção no PT, depois das suas conhecidas mutretas, bandalheiras, rapinas e desvios via ‘valerioduto’?
Como se sabe, os três são réus no processo do caso no STF (Supremo Tribunal Federal), que se for realmente justo irá mandá-los em cana por um longo período.
E não é só: outros cinco petistas ligados ao escândalo do mensalão também estão na chapa de José Eduardo Dutra, o candidato favorito a vencer o Processo de Eleições Diretas do PT.
Para que não se lembra, o PT era aquele partido que pregava transparência e honestidade e se achava muito melhor do que os outros.
Vade retro, Satanás!

20.11.09

Prefeitura de Londrina: muito a aprender

Resposta curta e grossa recebida por mim da Secretaria do Meio Ambiente (SEMA) da Prefeitura de Londrina, a respeito de um processo em andamento sobre poluição sonora:
“Não é da nossa competência”.
Simples assim.
Sem outros direcionamentos, sem informar de quem seria a tal competência, sem maiores explicações.
Os funcionários públicos de cidades menos evoluídas do que Londrina (como Nova Iorque, Londres e Paris, por exemplo), tratam o contribuinte muito melhor do que os servidores públicos de cá (aliás, o termo ‘servidor público’ é muito utilizado no Brasil, originado dos tempos dos nossos colonizadores e da servidão). Naquelas cidades menos evoluídas eles estão prontos para orientar e tentar resolver os problemas dos cidadãos que em última instância pagam os seus salários.
Aqui, os tais ‘servidores públicos’ se acham os reis e estão convencidos de que não devem satisfações a ninguém.

Até que ocorra alternância no poder.
Aí, todos eles voam pelas janelas e irão se queixar do desemprego... ao bispo.

Gaiteiros afinados

Taí um conjunto que pode ser chamado de muito harmônico. Este é o Adler Trio.

19.11.09

“Boi Barrica”, Fernando Sarney e o Estadão

O advogado Eduardo Ferrão ingressou com petição junto ao Supremo Tribunal Federal (STF) por meio da qual pede manutenção da decisão do desembargador Dácio Vieira, do Tribunal de Justiça do Distrito Federal (TJ-DF), que proibiu o jornal O Estado de publicar detalhes da Operação Boi Barrica, da Polícia Federal, que constatou o envolvimento do filho do senador José Sarney, Fernando.

O advogado do Estadão, Manuel Alceu Affonso Ferreira, pedira a suspensão da censura ao jornal e assinala que a mordaça imposta pelo Judiciário é "certamente a mais avassaladora e lastimável delas (...) e privilegiou, ou pensa estar privilegiando, direitos personalísticos subjacentes à privacidade e à honra, sobrepondo-se ao direito prevalecente da atividade informativa.
(Do jornal O Estado de São Paulo)

Ronaldo, Kaká, Ronaldinho? Que nada!

Esse é o cara bom de bola. Ninguém faz igual!

Muricy continua no São Paulo

Quem pensava que o técnico Muricy Ramalho havia se desligado do São Paulo Futebol Clube, enganou-se: ele continua contratado pelo clube e está fazendo um ótimo trabalho. Conseguiu arrancar o Palmeiras da liderança tranquila do Brasileirão e eliminá-lo da disputa pelo título. Muricy sempre declarou seu amor incondicional pelo São Paulo.

18.11.09

Sua vida nunca mais será a mesma

Você está preparado?

17.11.09

Este blog apóia o ‘Estadão’

Mesmo sendo este blog uma gotinha d’água no universo da comunicação, deixo registrada a minha indignação sobre a mordaça que foi imposta ao jornal O Estado de São Paulo, proibido pela censura de noticiar os desmandos cometidos por um dos filhos do Sarney, aquele aproveitador “coronel” maranhense.
Por isso, aqui vai minha torcida para o feliz resultado do recurso que o jornal encaminhou ao Supremo Tribunal Federal.
Minha geração já sentiu na carne a censura imposta pela ditadura, quando até para publicarmos anúncios de clientes no Exterior – que visavam trazer divisas ao nosso país - tínhamos de nos humilhar e passar pelo crivo de “otoridades” de gritos muito altos e mentes muito curtas.

Vem aí... atividade paranormal!

16.11.09

Mulher vive feliz com quatro homens

Vá guardando bastante gelo no freezer

As metas para redução de emissões de gases do efeito estufa, que deveriam ser obrigatórias a partir da próxima reunião, em Copenhague, ficaram para 2010, pois os líderes dos países ricos que incluem os Estados Unidos e a China, – os dois maiores destruidores da camada de ozônio – desistiram de assinar o acordo ainda neste ano.
Isso significa que as metas obrigatórias de redução de emissões de gases do efeito estufa para a segunda fase do Protocolo de Kyoto ficaram para ser definidas só no ano que vem.
Os entendimentos foram iniciados há dois anos, após a conferência de Bali, na Indonésia, que estabeleceu 2009 como o prazo legal para renovação das metas do Protocolo de Kyoto. Vários países industrializados, porém, condicionam a definição de suas metas à participação dos Estados Unidos - o que depende da votação da lei pelos americanos. Traduzindo: enquanto eles empurram o prazo do acordo com a barriga, você vai ter de se virar para salvar a sua pele, pois o aquecimento global é irreversível.

Foto: Gelito, Portugal

13.11.09

Comercial: máquina de lavar roupas

Veja que bela produção conseguiram realizar neste comercial de máquina de lavar roupa. Criaram um verdadeiro mundo submarino.

12.11.09

Estágios, estudo e diploma

O Núcleo Brasileiro de Estágios (Nube) avalia que, após o episódio envolvendo uma estudante hostilizada por usar vestido curto na Uniban, em São Bernardo do Campo (SP), as empresas poderão adotar "cautela" ao contratar como estagiários estudantes da universidade.
Oras, a verdade é que mesmo sem o ‘talibanismo’ praticado pelos estudantes da Uniban, com muita certeza as empresas sempre preferiram contratar estagiários da USP, UEL, UnB, PUC, FGV e outras universidades muito mais conceituadas.
Uma coisa é ter estudo. A outra é ter diploma. E diploma por diploma....

Foto: estudantes da UnB tiraram a roupa em sinal de protesto contra a Uniban. Foto de Pedro Ladeira.

11.11.09

Lei Seca chega ao aeroporto de Heathrow

Erwin Vermont Washington, piloto da United Airlines, foi detido nesta terça-feira no aeroporto de Heathrow, em Londres, por ter álcool no organismo acima do limite permitido.
O incidente ocorreu pouco antes da decolagem do vôo para Chicago, que levaria 124 passageiros e 11 tripulantes.
A Polícia entrou no Boeing 767 e prendeu o comandante por "suspeita de pilotar com limite de álcool excedente no organismo". Na cabine da aeronave, ele fez o teste de bafômetro e foi liberado posteriormente após pagar fiança.
O piloto foi afastado de suas funções enquanto autoridades investigam o caso. Os próprios funcionários da United Airlines haviam ‘dedurado’ o piloto para a polícia.
Viajar de avião! Eu, hein?

O menino do pijama listrado



Para quem não assistiu a esse filme, eis um bom momento para tomar conhecimento do horror do extermínio dos judeus pelos nazistas, nesta época em que aquele tal de Ahmadinejad está chegando ao Brasil e apregoa aos quatro ventos não acreditar que o Holocausto tenha acontecido de verdade.
Esse é um filme diferente, que não mostra a guerra com soldados disparando armas, seguindo ordens dos comandantes. A história nos é mostrada através dos olhos de Bruno, uma criança de oito anos, que não consegue realmente compreender o porquê de tanto ódio aos judeus. Seu pai é oficial nazista e foi promovido para comandar um campo de extermínio em massa, mudando-se com a família de Berlim para o campo. Lá, sem amigos e entediado, Bruno descobre que mora ao lado de uma “fazenda” que tem “moradores” estranhos, porque eles vivem vestidos de “pijamas”.
Desobedecendo a mãe, ele sai de casa e faz amizade com Shmuel, um menino judeu com a mesma idade, preso no campo de concentração. E a trama vai se fechando, culminando em um final extremamente dramático.
Título original:The Boy in the Stripped Pyjamas, duração:01 hs 34 min, 2008.
Direção: Mark Herman, baseado em livro de John Boyne

9.11.09

Pelé, o rei, minha homenagem!

Jogadas do rei para matar saudades do melhor do futebol.

O Muro, 20 anos depois

Com muita emoção, acabo de acompanhar pela tevê a nova derrubada simbólica do Muro de Berlim, através de um dominó gigantesco que lembrou os 20 anos do fim de uma era triste e tenebrosa para o mundo.
A história contemporânea está repleta de lembranças amargas e dolorosas. O Muro de Berlim foi uma delas, que impedia os alemães orientais de cruzarem para o lado ocidental, afastados da família, dos amigos, do bem-estar e do desenvolvimento.
Hoje foi um dia de festa para a Alemanha e para o mundo. Ainda bem que em algum momento da vida surgem pessoas iluminadas que conseguem discernir o certo do errado e colocam a civilização novamente no rumo da paz e do progresso.

Os olhos verdes de Geisy e a miopia da Uniban

A Uniban de São Bernardo do Campo, na Grande São Paulo, acabou expulsando sua aluna Geisy Arruda, de 20 anos, após o episódio inédito em que ela foi humilhada por outros alunos por usar um vestido curto. No anúncio divulgado, a universidade afirma que ela frequentava a unidade com trajes inadequados "indicando uma postura incompatível com o ambiente".
A nota diz ainda que "a atitude provocativa da aluna buscou chamar a atenção para si por conta de gestos e modos de se expressar, o que resultou numa reação coletiva de defesa do ambiente escolar".
Veja bem os olhos da Geisy nessa fotografia.
Você, leitor, acha que a Geisy deveria se preocupar com essa atitude provocada por mentes tão medievais?
Com esses lindos olhos verdes, Geisy tem ótimas chances de voar para uma distância muito maior do que a miopia dos donos da faculdade consegue enxergar.


Foto: Folha de São Paulo


6.11.09

“Honoráveis Bandidos”. Sarney, sempre ele!

Houve tumulto no lançamento do livro "Honoráveis Bandidos - Um retrato do Brasil na era Sarney", que mostra as bandalheiras do clã Sarney. A pancadaria ocorreu na sede do Sindicato dos Bancários, em São Luís do Maranhão, visto que as livrarias do Maranhão tiveram medo de promover o evento.
Segundo a editora Geração, o tumulto foi provocado por integrantes da Federação dos Estudantes do Maranhão, que apoiam a família Sarney. Eles jogaram ovos e uma torta na direção do autor Palmério Dória. O sindicato sofreu depredação.

Coronelismo é isso aí! Xô, Sarney!!!
(Fotos Folha São Paulo)

Mais uma raposa no galinheiro



O novo senador Acir Gurgacz (PDT-RO) assumiu o mandato depois de substituir Expedito Júnior, que foi cassado pelo TSE no ano passado pela acusação de compra de votos. O problema é que o novo senador responde a mais de 200 processos na Justiça comum e Eleitoral.
Na Justiça Eleitoral de Rondônia, Acir responde a um processo por abuso de meio de comunicação. Ele é acusado de usar um jornal da sua família para promoção da sua candidatura nas eleições de 2006.
Contra a empresa de Gurgacz, Eucatur, também tramitam centenas de processos judiciais, mas o senador considerou natural uma vez que há cerca de 11 mil funcionários vinculados à empresa. "É normal que existam demandas judiciais. Num quadro de 11 mil funcionários, 200 processos são normais", afirmou.
E agora a ironia: o senador defendeu a aprovação do projeto que prevê "ficha limpa" para os parlamentares que assumem os mandatos no Congresso. "É uma questão importante para o país defender esse projeto. A população merece isso sou inteiramente a favor", afirmou.
Dá para concluir que lá no Senado você pode contar com os dedos os senadores que não têm envolvimentos com a justiça – eleitoral, cível ou criminal. È capaz de sobrarem dedos de uma só mão. (Foto Roberto Koppe)

5.11.09

Craques da bola

A Nike escolheu alguns craques a dedo para este comercial.

4.11.09

Criminal minds

Quem assiste a episódios dessa série norte-americana que retrata ações de serial killers, sempre identificados e apanhados por uma equipe especializada em traçar perfis humanos, imagina que as cenas não poderiam fazer parte da vida real.
Puro engano!
Veja o que a polícia de Cleveland, EUA, encontrou na casa de Anthony Sowell, de 50 anos: um total de 10 corpos enterrados no porão, no jardim e em uma sala no andar superior. Os agentes encontraram também um crânio embrulhado, colocado em um balde no porão.
Primeiro foram descobertos os corpos de seis mulheres, depois mais quatro. A polícia identificou dois desses corpos como sendo de mulheres negras; uma delas havia sofrido morte violenta, caracterizada como homicídio. Não houve identificação sobre o sexo dos dois outros corpos.
Sowell havia sido liberado em 2005 depois de passar vários anos na prisão, acusado de um estupro em 1989. Agora ele foi preso novamente.
A ficção existe na vida real. Por vezes, até mais cruel.

Foto: Reuters

3.11.09

Lula vai sugerir SUS nos EUA


Essa notícia revela, não sei bem se empáfia, cegueira, ignorância ou má-fé. Pois o presidente Lula afirmou nesta terça-feira (dia 3), em Olinda, PE, que vai sugerir ao presidente Obama que copie o nosso “excelente” SUS lá nos EUA, para lidar com a crise da saúde. "Na próxima vez que encontrar o Obama, vou falar: 'Faça um SUS. Custa mais barato, é de qualidade e é universal'", disse Lula.
OK, para quem é atendido nos melhores hospitais do país (leia-se São Paulo) com tudo pago, atendimento vip, mordomias e os melhores médicos, a distância da realidade do SUS para Lula é maior do que a de uma viagem à lua. Ele nunca enfrentou uma fila...

2.11.09

Em direção à desordem

(Extrato)

"É impossível negar que, em matéria de Justiça, vivemos, no Brasil, uma espécie de comédia: uma cena recente desse pastelão foi a briga entre a Justiça Estadual de São Paulo e a Justiça Federal, cada uma delas atribuindo-se o direito de julgar os ladrões que roubaram duas telas -uma de Portinari e outra de Picasso- do Masp. A Justiça Estadual os condenou, o advogado de defesa recorreu da sentença e o Superior Tribunal de Justiça a anulou, alegando que, como as obras tinham sido tombadas pelo Iphan, órgão federal, caberia à Justiça Federal julgar os ladrões, e mandou soltá-los. Ou seja, enquanto os juízes brigam, os ratos passeiam em cima da mesa."
Ferreira Gullar

30.10.09

Tapete vermelho para Sua Majestade Lula

Imagem de 16 de outubro de 2009, no sertão de Pernambuco. A notícia nos dá conta de que esse tapete vermelho foi estendido para a chegada do presidente do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva. Foto de Evelson de Freitas. Não lembra um pouco o século XIX, quando os ingleses faziam a mesma coisa com seus submissos colonizados?

Comercial italiano de sorvete

27.10.09

Talentos da Maturidade: Quatro Fragmentos

O Concurso Talentos da Maturidade está próximo de divulgar os vencedores.
Conheça "Quatro Fragmentos", trabalho literário com o qual estou concorrendo, clicando:
http://www.talentosdamaturidade.com.br/galeria/detalhe/work/423
São quatro personagens reais que conheci no início da minha trajetória profissional como publicitário: dois deles eram "layoutmen" (criadores de arte), um era contato de agência de propaganda e o outro era sócio-diretor da agência.
São quatro histórias curiosas e sui generis. Você vai gostar!

Logomarca para Olimpíadas Rio 2016

Sugestão enviada pela "comunidade" do Morro dos Macacos

26.10.09

Conflito Israel/Palestinos: vídeo pela paz

Inversão de valores

Estou estarrecido: leio nos jornais que “71 intelectuais criticam mídia sobre CPI do MST”, reagindo ao que chamam de "criminalização” do MST e condenando a cobertura da mídia sobre o movimento.

Mencionando a invasão de uma fazenda no interior de São Paulo no início deste mês, o texto diz que a mídia foi "taxativa em classificar a derrubada de alguns pés de laranja como atos de vandalismo".

Decepciono-me ao ver que assinaram o documento, entre outros, o crítico literário Antonio Candido, o economista Plínio de Arruda Sampaio, o sociólogo Paulo Arantes, o escritor Luis Fernando Veríssimo e o escritor uruguaio Eduardo Galeano – que aliás deveria se preocupar com as eleições do seu próprio país e não meter o bedelho nos assuntos criminosos do MST.

Além de acusar redes de televisão de omitir informação sobre as terras da Cutrale serem públicas (Nota: os meios de comunicação se fartaram de informar que corre um processo a respeito, ainda não julgado, o que demonstra a precipitação dos intelectuais) , o documento diz que o objetivo do movimento de criminalização é “barrar a revisão dos índices de produtividade prometida pelo governo federal”.

O texto afirma ainda que a medida ameaçaria o interesse de grandes produtores, ao tornar disponíveis para a reforma agrária terras que eles dizem ser produtivas.

O texto também condena o recolhimento de assinaturas, nesta semana, para criar a CPI do MST no Congresso. Diz que, junto com a cobertura da mídia, a iniciativa objetiva bloquear a reforma agrária.

Depois dessa pancada, vou solicitar ao Luis Fernando Veríssimo que doe aos coitadinhos do MST todos os direitos autorais dos seus livros, em especial aquele em que ele descreve sua esplêndida e esticada viagem gastronômica pelos países da Europa, comendo do ótimo e do melhor ainda, um privilégio para tão poucos.

Esse pessoal que assinou o manifesto me faz lembrar a turma da “esquerda festiva” que nos anos 60/70 ficava tomando seus uísques escoceses sentada nos barzinhos de Copacabana enquanto incitava jovens estudantes e operários a marchar contra os policiais, tomando porradas, cacetadas e tiros de todos os lados. Os jovens sumiram ou morreram, mas a esquerda festiva continua por aí tomando uísque escocês, vivendo de gordas indenizações "por terem sido perseguidos pela ditadura".

Como é fácil ser intelectual-crítico-analista à distância dos acontecimentos!

Como é fácil emprestar seus nomes famosos para causas tipo “adoramos Cuba”, “Chavez é o homem”, “coitadinhos dos miseráveis do MST”...

25.10.09

Tão romântico: alimentando pombos

Note a finesse da mulher!

22.10.09

Mamãe sabe dessa loucura?

O maluco pulou do avião sem paraquedas, só para entrar no Livro dos Recordes. Taí uma ótima sugestão para você, que é fissurado por adrenalina, experimentar também.

O Brasil de Lula

Concurso para garis atrai 22 mestres e 45 doutores no Rio

Com inscrições abertas desde o dia 7, o concurso público para a seleção de 1.400 garis para a cidade do Rio já atraiu 45 candidatos com doutorado, 22 com mestrado, 1.026 com nível superior completo e 3.180 com superior incompleto, segundo a Comlurb (Companhia Municipal de Limpeza Urbana). Para participar do concurso, basta ter concluído a quarta série do ensino fundamental. Aqueles que forem contratados trabalharão 44 horas por semana e receberão salário de R$ 486,10 mensais, tíquete alimentação de R$ 237,90, vale-transporte e plano de saúde. A remuneração poderá ser acrescida ainda de um adicional por insalubridade. (da Folha de S.Paulo, no Rio)

Deve haver um engano na notícia, pois esse não é o Brasil que Lula e a turminha do PT vêm anunciando a todos os cantos do mundo.
Não, não há engano. A credibilidade da Folha de São Paulo é infinitamente maior do que a de Lula e do seu PT!

20.10.09

Jantar romântico de aniversário

Mais um vídeo da Ameriquest, financeira que "acredita" nas pessoas e empresta dinheiro mesmo que "as aparências enganem".

19.10.09

Propaganda Subliminar: o perigo!

Extratos da apresentação na Academia de Letras, Ciências
e Artes de Londrina em 18/10/2009


A Propaganda Subliminar é a arte da persuasão inconsciente. Ela trabalha com o subconsciente das pessoas. Dá-se o nome de propaganda subliminar a toda mensagem que é transmitida em um baixo nível de percepção, tanto auditiva quanto visual. Embora não possamos identificar esta absorção da informação, ela é captada pelo nosso subconsciente e assimilada sem nenhuma barreira consciente. Nós a aceitamos como se tivéssemos sido hipnotizados.

O conceito da Propaganda Subliminar entrou para a psicologia em 1950, quando dois cientistas, McCleary e Lazarus, publicaram um artigo narrando experiências que haviam realizado testando a percepção humana abaixo do limiar da consciência. À época, utilizaram dois aparelhos, o taquitoscópio – que permitia a exposição extremamente rápida de imagens e palavras, e o psicogalvanômetro, que media as reações emocionais das pessoas àquelas imagens. Os dois cientistas concluíram que existiria uma percepção inconsciente às imagens e palavras quando apresentadas muito rapidamente.

A primeira experiência de aplicação prática deste conceito foi realizada alguns anos depois, em 1956, em Nova Jersey, nos Estados Unidos, pelo publicitário Jim Vicary. Durante a projeção de um filme, ele utilizou o taquitoscópio e inseriu a frase "Beba Coca-Cola" numa velocidade muito rápida, aparecendo apenas três milésimos de segundo. O cérebro demora em média 40 milésimos de segundo para interpretar e registrar cada nova imagem captada pelo olho. O fato é que, segundo o publicitário, no intervalo do filme as vendas do refrigerante teriam aumentado perto de 60%. Ele repetiu a experiência com a mensagem "coma pipoca" e obteve o mesmo resultado.

As crianças são mais facilmente induzidas pelas mensagens subliminares, pois passam horas na frente de uma televisão, assistindo aos desenhos animados. Fica no ar a dúvida: os desenhos animados infantis contêm propaganda subliminar?

Um caso muito divulgado de mensagem subliminar ocorreu no Japão, em 1997, quando mais de 700 crianças sofreram ataques epilépticos assistindo ao desenho animado Pokemón. Descobriu-se que a animação trazia um estímulo luminoso subliminar - flashes coloridos imperceptíveis pelo consciente que foram inseridos no filme para causar uma sensação agradável nos pequenos espectadores - mas que resultaram em efeito contrário, provocando curtos-circuitos nos cérebros em várias crianças.

Outro caso com muito destaque na mídia foi a inserção de dois fotogramas com fotos de uma mulher com os seios nus no desenho animado da Disney "Bernardo e Bianca". Dois sites da internet iniciaram a polêmica, e por sua causa a Disney foi obrigada a recolher 3,4 milhões de fitas em locadoras de vídeo nos USA.

Além de imagens, é possível elaborar propaganda subliminar utilizando sons. Políticos já se utilizaram do som de batidas de coração como ruído de fundo nas suas propagandas políticas, tentando conquistar o receptor através de uma sensação de calma e segurança.

No campo jurídico brasileiro, a propaganda subliminar está vedada pela legislação, em especial pelo Código de Proteção e Defesa do Consumidor, que obriga a publicidade a ser clara e especialmente perceptível a qualquer ser humano com um grau mediano de entendimento. A jurisprudência brasileira define a edição de imagens de três milésimos de segundo como subliminar, o que representa a intenção de atingir ou manipular o subconsciente do indivíduo. Infelizmente, é muito difícil e trabalhoso – ou até impossível – manter-se uma fiscalização constante e efetiva.

Você que um dia ouviu falar que 'a propaganda é a alma do negócio’, pode ter certeza de que com a maquiavélica utilização da técnica subliminar, a frase mais apropriada passou a ser ‘a propaganda é o negócio da alma’!
Julio Ernesto Bahr

14.10.09

Poluição visual se alastra em Londrina

Nosso blog Visual de Londrina (http://visual-de-londrina.blogspot.com/) traz uma nova série de fotos documentando como a poluição visual está se alastrando pela cidade.
Apesar (ou por causa) da lei "Cidade Limpa" que o prefeito da cidade enviou à Câmara dos Vereadores há meses e está parada na pauta de votações, as empresas de outdoor vêm literalmente detonando Londrina.
Não satisfeitos com o elevado nível de poluição que já envergonhava a cidade, as empresas estão "criando" novos espaços para outdoors, como um "terceiro andar" (foto 1), ou um aglomerado horroroso de outdoors em ponto nobre da cidade, oferecendo espaços vagos para locação (foto 2), ou ainda um "trenzinho" de painéis em avenida de grande circulação de veículos (foto 3).
Essa nova invasão de espaços parece ser intencional, como se quisesse servir de aviso para impedir a demissão do pessoal ligado ao setor.
Tal nível de poluição visual na cidade não deixa de ser uma afronta à cidadania!

Blog Bahr-baridades tem matéria censurada

Fui surpreendido hoje com o recebimento de uma notificação judicial de uma conhecida construtora de Londrina, estipulando o prazo improrrogável de 48 horas para excluir matéria do blog que, segundo a construtora, “ofendia a honra, a boa fama e a respeitabilidade da sua imagem”.
O que a notificação não informava era a origem da matéria, que foi inserida no blog apenas após exaustivos contatos com a diretoria da empresa, que ignorou um pedido muito simples: o de proceder a um simples isolamento acústico na sua serra elétrica, que vinha atormentando a vizinhança com ruídos em decibéis muito acima do permitido pela lei. O que a notificação também não levou em conta, foi um processo instaurado na Prefeitura de Londrina, ainda no ano de 2006, quando a construtora mantinha o canteiro de obras para suprir suas construções em outros locais as cidade, caracterizando-se como uma atividade barulhenta e desrespeitosa com a vizinhança.
A matéria 'censurada' já foi retirada do blog.

O processo lavrado na Prefeitura de Londrina (No. 41171 de 28/07/2006) ainda não se extinguiu. Está disponível para qualquer um que quiser se certificar da veracidade dos fatos, até pela internet.
A notificação da construtora, longe de me intimidar, serviu para provar a força da comunicação da internet, que hoje é mais uma potente arma para defender os direitos do consumidor e levar a verdade verdadeira ao conhecimento dos leitores.
JEB

13.10.09

Fominha no trânsito

Mais um comercial dramático e realista da série produzida pela República Tcheca, para alertar contra os excessos cometidos no trânsito. Feito mesmo para chocar.

Novo conto de fadas

No Rio, o ministro da Saúde José Gomes Temporão voltou a fazer campanha para criar a nova CPMF (Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira. Para ele, a regulamentação da emenda constitucional 29, que prevê novos recursos para a saúde, seria a "salvação" do setor no país. "O imposto está desde o início voltado exclusivamente para financiar o SUS (Sistema Único de Saúde). 100% dos seus recursos vão para o Fundo Nacional de Saúde” afirmou.
Bem, nós já tivemos uma experiência desastrada com outra CPMF cujos recursos foram desviados da saúde. A saúde continua na mesma marcha lenta daquela época – para dizer o mínimo – e como o próximo ano será um ano de eleições, essa parece ser mais uma história pra boi dormir, uma raposa a ser colocada em galinheiro, um beijo de princesa em sapo frio e nojento que jamais se transformará em príncipe.

12.10.09

Perseguição implacável, o filme!

Reforma Agrária: o MST e suas baboseiras

Já está mais do que na hora de abandonar a visão retrógrada da reforma agrária, de que o problema consiste na produção de comida. Nunca o País produziu tantos alimentos e a tão baixo custo. E isso se deve a uma moderna agricultura, que soube integrar em distintos níveis a agricultura familiar e o agronegócio. O discurso do MST e do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) não resiste aos fatos. Os assentados não são agricultores familiares propriamente ditos, muito menos os responsáveis pela magnífica produção agropecuária. Sua produção e sua produtividade são pífias, apesar dos seus 84 milhões de hectares. Não possuem títulos de propriedade, não são emancipados e vivem à custa do governo.
O discurso da coordenadora da invasão de que a destruição dos pés de laranja foi feita para plantar feijão para alimentação é de uma bobagem atroz. Eles são alimentados pelo Bolsa-Família e pela cesta básica, financiados pelo governo. Para se ter ideia da enormidade dita, o Exército brasileiro necessita dispensar os seus recrutas e soldados porque não pode alimentá-los durante toda a semana. O governo não libera recursos. O MST não tem esse tipo de problema.

Extraído do artigo “Arbítrio” de
Denis Lerrer Rosenfield, professor de Filosofia na UFRGS

8.10.09

Enquanto isso, no país dos Jogos Olímpicos

O ministro da Fazenda Guido Mantega admitiu nesta quinta-feira que a Receita Federal está segurando a restituição do Imposto de Renda de 2009 aos contribuintes que têm direito – isso devido à queda de arrecadação do governo (já que gastaram uma nota preta em Copenhagen).

O ministro Jorge Félix (Gabinete de Segurança Institucional) do governo do PT minimizou nesta quarta-feira a destruição de parte do laranjal da fazenda Santo Henrique, em São Paulo, por integrantes do MST. O general disse que essas ações "ocorrem sempre" e que a Justiça corrige os excessos. O que ele não disse foi que, além de destruir 12 mil pés de laranja da fazenda, os trabalhadores rurais teriam furtado peças de tratores, adubos, produtos agrícolas, objetos de funcionários que trabalham na área e ainda jogado areia nos motores dos tratores, entre outros vandalismos.


No Estado do Rio (a futura sede dos Jogos Olímpicos) cerca de 30 mil passageiros foram prejudicados com a interrupção do ramal Japeri após o quebra-quebra ocorrido na quarta-feira em Nilópolis, na Baixada Fluminense. Ao menos 11 pessoas ficaram feridas. O quebra-quebra foi causado por passageiros, após um trem quebrar, por volta das 7h40. PMs foram acionados, e reagiram com balas de borracha e bombas de efeito moral. A situação foi controlada no final da manhã.

Nova representação no Ministério Público do TCE (Tribunal de Contas do Estado) do Rio Grande do Sul está sendo proposta contra a governadora Yeda Crusius, que é acusada de usar dinheiro público para pagar contas pessoais. A governadora também foi alvo de uma ação movida pelo Ministério Público Federal, acusada de envolvimento no suposto esquema que desviou mais de R$ 40 milhões do Detran-RS.

Ah, sim! Estamos nos aquecendo muito bem para sediar os próximos Jogos Olímpicos!

7.10.09

Utilidade pública sem meias palavras

Vídeo de utilidade pública preparado na República Tcheca alertando sobre o perigo das drogas (no caso, a marijuana). Aqui não há meias palavras nem meias imagens: o vídeo vai fundo. Se você não tem estômago para cenas chocantes, não assista.

O MST e a Tomada da Bastilha

Há muito venho acompanhando a escalada da violência e ilegalidade do MST, que ao contrário do que apregoam seus ‘líderes’, quer mesmo é destruir, invadir, arrebentar, atormentar e executar a política do “quanto pior, melhor” nas criminosas invasões de terras que promovem por todo o país.
Além de permanecerem absolutamente impunes, mesmo praticando crimes que mereceriam anos e anos de prisão sem direito a benefícios, os líderes contam não só com a complacência, mas também com o apoio e muito, muito dinheiro fornecido direta ou indiretamente por esse governo petista corrupto que nos domina.
A última invasão provocada na fazenda altamente produtiva da Cutrale mostrou a impiedosa destruição de lavouras de laranja e, pior, a disposição declarada pelo MST de permanecer na área mesmo depois de receber uma liminar da Justiça para a desocupação.
Essa violência do pessoal do MST nada mais é do que um plano orquestrado pelos socialistas/populistas do PT, que estão promovendo a nova Tomada da Bastilha à la Chavez, Morales & hermanos. Um retrocesso político inédito e contra o qual não ouço muitas vozes lúcidas se rebelando com a força que eu esperava.

Foto: Istoé

6.10.09

Charge do Quinho. Antiga, mas diz tudo


De onde surgiram estas figuras?

1- de um spa, com resultados bem sucedidos?
2- de um concurso de magreza onde não houve vencedoras ?
3- de um torneio de sinuca, onde elas próprias foram os tacos?
4- de uma greve de fome de 60 dias?
5- de um novo filme de ficção científica tipo "4400"?
6- de um campo de concentração?



... e gordinhas também podem fazer sucesso

Em contrapartida ao império da anorexia, a edição de novembro da revista norte-americana "Glamour" terá na capa sete modelos acima do peso sem roupa. A mesma revista fez sucesso ao mostrar em setembro a modelo Lizzie Miller, que tem 1,80 m e 79 kg. A imagem, que ilustrava um artigo sobre a importância de se sentir bem com o próprio corpo, mostrava a modelo de 20 anos, loura e sorridente, sentada nua, numa pose que evidenciava as gordurinhas de sua barriga. A imagem fez sucesso e gerou discussões sobre a ditadura da magreza.
(Foto e notícia extraídos da Folha On Line)

5.10.09

Orgias publicitárias

“Apesar” dos cortes orçamentários que foi obrigado a fazer em importantes programas na área social, o governo federal está investindo fortemente em publicidade este ano. O Orçamento de 2009 prevê verbas de R$ 547,4 milhões com comunicação social, que incluem propaganda institucional e propaganda de utilidade pública da Presidência da República e dos ministérios. É um aumento de 35%, com relação a 2008, quando foram previstos R$ 406 milhões para esse tipo de atividade.
O deputado Carlos Zarattini (do PT-SP, é claro) elogiou a iniciativa do governo Lula de democratizar o uso da verba publicitária federal, estendendo-a largamente aos veículos regionais de comunicação. Ele observou que a distribuição dos recursos de publicidade no Governo Federal saltou de 499 veículos, em 2003, quando Lula assumiu o mandato, para 5.297 veículos, um salto de 961% (Notícias do PT 03/06/2009).

Comentário do blog: os veículos de comunicação estão sendo comprados para não abrirem o bico, criticar e revelar as falcatruas e mutretas do Executivo. Como precisam sobreviver, preferem receber essas verbas e divulgar comerciais insossos dos quais ninguém se lembra dez minutos depois de exibidos.

Agora o governo federal quer mais R$ 110 milhões para gastar com publicidade em 2010, quando serão disputadas as eleições presidenciais. A proposta orçamentária enviada ao Congresso diz que deverão ser gastos R$ 699 milhões nas ações de publicidade institucional e de utilidade pública, ou seja, mais 19% em relação ao autorizado para este ano. (Informações de ‘nominuto.com’, 21/09/2009). Nessa conta, porém, não entra a previsão dos gastos com publicidade das estatais.


Comentário do blog: estão esbanjando nosso dinheiro para tentar empurrar a antipática sargenta Dilma à presidência. Não sou futurólogo, mas tenho certeza de que esse é um dinheiro que estará sendo jogado no ralo, já que a sargenta não deverá ser eleita.

Só a Petrobras deve gastar R$ 480 milhões em publicidade, para cumprir a determinação do governo de exaltar o sentimento nacionalista, ufanista e patriótico, deixando em segundo plano a exposição dos seus produtos. O pré-sal, cujo marco regulatório foi lançado em 19/09 pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, virou o carro-chefe da grande campanha iniciada pela estatal (AE - Agencia Estado).

Comentário do blog: onde anda o Tribunal de Contas da União, que deveria frear essa orgia financeira? E aqui nem estão incluídas as verbas publicitárias da Caixa Econômica Federal, do Banco do Brasil, além das outras estatais. Dá para sacar por que você trabalha quase cinco meses todo ano só para encher as burras (sem trocadilho) do governo?

Esse imbecil tem família?

3.10.09

Meu espírito de brasilidade

Bem que eu gostaria de ter estado ontem, 02/09, na Praia de Copacabana para festejar, sob as ordens e a coreografia da poderosa Globo, a “vitória” brasileira pela disputa da sede das Olimpíadas de 2016.

Talvez eu até me alegrasse e chacoalhasse o corpo em sintonia com as milhares de pessoas que lá estavam, cooptadas, arrancadas do trabalho, em plena sexta-feira útil.


Talvez eu até conseguisse ignorar a histeria coletiva que se apossou das figurinhas carimbadas de sempre, partícipes da esbórnia financeira do Pan Americano e novamente presentes ontem no auditório em Copenhagen, contabilizando antecipadamente os ganhos e comissões que poderão advir de contratos e investimentos (ou gastos?) necessários para tornar o Rio de Janeiro minimamente preparado.

Eu conseguiria até desculpar os jornalistas da Globo, que deixaram de lado sua função crítica de analistas políticos e, sob o domínio das gordas verbas publicitárias do governo que vêm jorrando nos cofres da empresa, se prestaram ao papel ridículo de demonstrar um falso entusiasmo nas suas falas e comentários.

Mas meu espírito de brasilidade não permitiu que isso acontecesse.

Imperou na minha cabeça a imagem do nosso Brasil Real, repleto de favelas, córregos poluídos, falta de creches, escolas precárias, narcotraficantes implantando seu poder paralelo, cadeias abarrotadas, precatórios atrasados, aposentados empobrecidos, processos cíveis e criminais esquecidos por anos, invasões de terras orquestradas pelo próprio governo, impunidade de políticos desonestos e aproveitadores, educação falida, obras superfaturadas, devastação ambiental, Congresso corrupto, políticas públicas distorcidas...

Que pena! O Brasil perdeu ontem a oportunidade de exigir deste governo a correção de rumos que nosso povo tanto necessita. Rumos tortuosos que Olimpíada nenhuma vai corrigir.