1.7.08

Disparando pelo museu

O artista Martin Creed propôs ao Tate Museum de Londres que, até o dia 16 de novembro, um atleta passe correndo à toda velocidade de 30 em 30 segundos pelas dependências onde está exposta a coleção de esculturas neoclássicas. Para essa inovação, a Tate contratou 50 atletas semiprofissionais que vão correr como se não houvesse o amanhã.
Essa é uma inovação do artista que certamente levará mais público curioso ao museu.

Foto: Jornal Público, Lisboa Portugal, 01/07

Nenhum comentário:

Postar um comentário