12.6.08

Para onde caminha nosso verde?

Ruído de serra elétrica ao lado da minha janela.
Já me vem aquele arrepio, o mesmo que sinto quando a tevê nos mostra as imagens dos desmatamentos na Amazônia e em áreas que deveriam ser preservadas.
Documento a derrubada fotograficamente.
A árvore adulta, grande, soberba, esbanjando verde, foi derrubada em apenas dois atos. Depois, aparece o vazio, que é preenchido com a visão dos prédios ao longe.
No detalhe, o toco de uma árvore cortada dias atrás.
O local? Ao lado do prédio onde moro, em Londrina, PR.
Resta uma pergunta: o IBAMA sabe disso?

Nenhum comentário:

Postar um comentário