4.9.07

Êta trenzinho da alegria bão!

Foi impetrado na sexta-feira um mandado de segurança no Supremo para impedir que o governo crie o “Trem da Alegria”, que pretende efetivar não só, 26, nem tampouco 260, 2.600 ou 26.000 funcionários sem concurso público. Seriam 260.000. Ou, mais de ¼ de milhão de pessoas!

Segundo a OAB, a efetivação fere a constituição e é ilegal.

É impressionante como o Brasil não consegue mudar, mesmo. Ou melhor: está mudando. Cada vez mais as leis vêm sendo menos cumpridas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário